Bebê usando babador
Ultima atualização: 2 de julho de 2021

Como escolhemos

23Produtos analisados

12Horas investidas

3Estudos avaliados

66Comentários coletados

O babador é um acessório que acompanha o bebê em diversas fases do seu desenvolvimento. Pode ser usado na fase de crescimento dos dentes, quando começa a comer ou quando baba em excesso sem motivo aparente. A verdade é que é um dos itens bem usados no primeiro ano de vida.

Quer saber mais sobre os diferentes tipos de babador? Vem conosco ao longo desse guia!




O mais importante

  • O babador protege a roupa e o peito do bebê da umidade provocada pelo excesso de saliva, ou seja, a famosa baba que escorre pela boca do pequeno.
  • O babador acompanha o bebê em diversas fases. Há diferentes tipos para necessidades específicas. Vamos tratar sobre essas variedades nesse guia.
  • O bebê pode começar a usar um babador assim que inicia a fase oral, por volta dos três meses.

Babador: nossa recomendação dos melhores produtos

Existe babador para todas as necessidades e bolsos. Selecionamos diferentes modelos para você encontrar um - ou mais - para seu bebê.

Guia de compra: o que você precisa saber sobre babador

Todo bebê vai precisar de um babador em alguma etapa do seu crescimento. Seja por conta dos dentinhos ou mesmo por consequência da introdução alimentar, esse acessório é bem útil. Fique conosco até o fim para aprender a escolher o babador certo para as necessidades do seu bebê.

Mão dando comidinha para o bebê que está com a boca suja

Na fase da introdução alimentar os melhores babadores são de plástico. Fonte: hui sang / Unsplash.com

Quando o babador é útil?

Que o babador protege o bebê da umidade causada pela saliva você já sabe. Mas já parou para refletir sobre todas as situações em que esse acessório é útil? Nós fizemos uma lista para te ajudar.

  1. Fase oral: Por volta dos três meses o bebê começa a colocar as mãozinhas e objetos na boca. Nessa fase é bom que tenham mordedores e brinquedinhos adequados para a idade. Ela também pode iniciar um pouco antes ou depois. É natural que o bebê comece a babar mais nessa fase.
  2. Surgimento dos dentes: Outro momento em que o bebê baba bastante é no nascimento dos dentinhos. É bem comum que os primeiros surjam por volta dos seis meses, mas pode acontecer mais tarde.
  3. Introdução alimentar: Também aos seis meses o bebê começa a provar os primeiros alimentos. Nesse caso, o babador serve para evitar que a roupa do bebê suje a cada refeição. Como comer é novidade para o pequeno, é natural que haja bastante bagunça nessa fase.
  4. Regurgitação: Bebês que regurgitam demais, por conta do refluxo por exemplo, podem usar babador frequente para proteger a roupinha das temíveis golfadas. Isso evita muitas trocas de roupa durante o dia.

O babador acompanha o bebê a partir dos três meses, geralmente. Seu uso pode ser prolongado até que a criança aprenda a comer sem fazer muita sujeira.

Quais as vantagens de usar um babador?

Usar o babador evita que o bebê molhe ou suje sua roupa com frequência. Isso traz menos trabalho para o cuidador no dia a dia, evitando muitas trocas e lavagens.

Especialmente na hora da refeição, o babador pode evitar que alguns alimentos manchem algumas peças de roupa.

Hoje em dia existem babadores bandanas que servem como acessório, complementando o look do bebê. Portanto, mesmo na rua ele também fica com a roupinha protegida do excesso de saliva em diferentes fases.

Usar o babador é importante para que o bebê não fique com a roupinha molhada na altura do peito, evitando que ele adoeça com mais facilidade.

Outra vantagem é que a variedade de ofertas é tão grande que com certeza existe um babador que vai atender sua necessidade sem pesar no bolso.

Porém, como desvantagem, algumas crianças não gostam de usar o acessório, especialmente os maiores.

Vantagens
  • Evita que a roupa fique úmida
  • Reduz as trocas e lavagens de roupa
  • Preserva roupas na fase da introdução alimentar
  • Mantém os bebês limpinhos e sequinhos mesmo na rua
  • Existe grande variedade para todas as necessidades e bolsos
Desvantagens
  • Algumas crianças arrancam o babador

Quais os diferentes tipos de babador?

Assim como existem diferentes necessidades de uso, como vimos acima, também existem diferentes tipos de babador. As opções são tantas que fica difícil classificá-los em categorias.
Para facilitar a apresentação dos mais variados modelos, montamos essa tabela com sua descrição e indicação de uso:

Babador Indicação de uso
Bandana - feito de tecido, pode ou não ser impermeável Indicado como acessório para proteger a roupinha do bebê da umidade, especialmente nos passeios
Plástico - estilo avental Esse modelo é especificamente indicado para a fase de introdução alimentar. Ele pode ter mangas, protegendo todo o corpinho do bebê, especialmente no método BLW
Silicone - babador flexível Geralmente esse modelo de babador possui um bolso para os alimentos que o bebê deixa cair. É usado na alimentação e é muito fácil de limpar após cada refeição
Tradicional de tecido - esse é aquele babador famoso, com a cordinha para amarrar atrás o pescoço Ele pode ser usado em casa durante o dia ou ainda na hora da refeição

Quantos babadores são necessários no dia a dia?

A verdade é que depende da intenção de uso e das necessidades do bebê. O ideal é que a criança possua ao menos dois para cada uma das situações. Sendo assim, dois babadores plásticos para as refeições são suficientes.

Também é interessante que o bebê possua mais dois modelos para passeios e outros dois para uso diário.

Essa necessidade pode variar de bebê para bebê. Alguns babam mais do que outros, mesmo nas mesmas fases.

Tiptop e bandana sobre a cama

O modelo bandana é indicado para passeios. Fonte: Polina Tankilevitch / Pexels.com

Critérios de compra: O que levar em conta ao comparar diferentes tipos de babador

Agora que você sabe quando usar um babador e conhece os diferentes tipos, confira alguns critérios para comparar os diversos modelos. Assim você vai encontrar o babador perfeito para as necessidades do seu bebê:

Material

Os materiais mais comuns para o babador são tecido de algodão, tecido atoalhado, plástico ou silicone. A escolha do material vai depender da finalidade do babador.

Para passear, por exemplo, os modelos de algodão são melhores, já que ficam como um acessório. Já para comer, o plástico e o silicone são excelentes. Esse material é muito fácil de limpar.

No caso de materiais plásticos, sempre confira se o babador é atóxico e livre de Bisfenol A (BPA).

Impermeabilidade

Um ponto positivo do babador é a impermeabilidade, já que o objetivo é evitar que a umidade passe para a roupinha. Até mesmo as bandanas de algodão podem ter uma camada impermeável interna.

Mas isso não é uma obrigatoriedade de todos os modelos. É preciso se certificar na descrição do produto.

Fecho

O tipo de fecho do babador pode variar entre botão, velcro ou cordinha. O modelo de botão acaba sendo o mais firme, dificultando que o bebê tire com um puxão.

O velcro sai mais facilmente e pode irritar a pele da criança, mas também permite uma regulagem melhor.

O de cordinha pode ser desamarrado facilmente pelo bebê, mas também oferece mais flexibilidade no ajuste.

Facilidade de lavagem

O babador deve ser um facilitador para o dia a dia dos pais. Portanto, um critério importantíssimo é que ele seja fácil de limpar ou lavar.

Os modelos de plástico ou silicone geralmente são os melhores, pois é possível higienizar com um pano úmido logo após o uso, deixando pronto para a próxima refeição.

Bebê sentando em sua cadeirinha usando um babador

Os modelos plásticos são mais fáceis de higienizar. Fonte: hui sang / Unsplash.com

Design

Há uma infinidade de modelos, cores e estampas. Escolha o babador de acordo com seu gosto. No caso de o bebê usar babador bandana para passear, opte por cores lisas e básicas que caem bem com qualquer look.

Resumo

O babador é um acessório útil em diversas etapas do desenvolvimento do bebê. Seja por conta do surgimento dos dentinhos ou na fase de introdução alimentar, esse artigo do enxoval é indispensável.

Esperamos que esse guia tenha te ajudado a entender suas diferenças, encontrando o babador ideal para cada situação. Se esse artigo te ajudou, lembre-se de compartilhar com uma amiga que esteja precisando dessas informações!

(Fonte da imagem destacada: Jason Sung / Unsplash.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas