Ultima atualização: 23 de abril de 2020

Como escolhemos

10Produtos analisados

17Horas investidas

3Estudos avaliados

51Comentários coletados

Bem-vindo ao Guia de Bem Estar! Hoje vamos te auxiliar a escolher a bengala ideal, seja para você ou para um familiar. Por conta da idade ou até mesmo de acidente, é bastante comum que pessoas precisem usar esse acessório em algum momento da vida.

Durante muito tempo, bengalas foram acessórios de moda muito presentes no cotidiano. Isso começou a acontecer por volta do século XVII e durou até os anos 20. Quem nunca se encantou com Charlie Chaplin se apoiando em uma?

Hoje, porém, o uso é mais para quem realmente precisa. Uma bengala ajuda no equilíbrio e no caminhar de pessoas com dificuldades de locomoção. Mas quais são as variáveis para escolher algo que parece tão simples? Vamos detalhar tudo nesse guia, fique conosco até o fim.




Primeiro, o mais importante:

  • Bengalas são muito importantes no auxílio de pessoas com limitações de movimentos. Depois de serem um utensílio de moda por muito tempo, perderam esse status e agora servem realmente como apoio.
  • Podem ser de madeira ou de alumínio. As primeiras são mais resistentes, as segundas possuem mais versatilidade, são dobráveis e podem ter formatos variados, como no caso dos modelos com quatro pés.
  • São utensílios baratos, raramente passando dos R$ 100, a não ser que você esteja procurando por um item de colecionador. Versões simples de madeira podem ser encontradas até por R$ 30.

Melhores modelos de bengala: Nossas favoritas

No ranking abaixo você encontrará algumas das melhores bengalas do mercado. Tivemos o cuidado de listar diferentes tipos, considerando diversos fatores, para que você ache a bengala perfeita, seja qual for sua necessidade - e preferência.

Design e desempenho em uma bengala só

Com 93,9 cm de comprimento, a bengala Cold Steel Irish Blackthorn é ideal para quem, além de conforto, quer também um produto com um design arrojado. Feita de polipropileno, essa bengala pesa 830 gramas e tem dois anos de garantia pelo fabricante.

A bengala de alumínio com a maior sustentação

Essa versão de bengala quatro pontas da Carci é leve, resistente e, por conta de seu design, traz uma melhor sustentação ao usuário. Isso porque as quatro pontas aumentam sua base de equilíbrio. Essa bengala é indicada para pessoas com déficit de equilíbrio e força, que necessitem de um apoio unilateral. Seus 10 nível de altura com trava de segurança garantem uma maior estabilidade durante o caminhar. O cabo é feito de polipropileno rígido.

Bengala em madeira com ótimo custo-benefício

Esse modelo de bengala da Carci tem formato de T e é feito em madeira, sendo assim durável, leve e resistente. Serve para auxiliar pessoas com problemas para caminhar, e seu cabo anatômico é confeccionado em plástico rígido. É uma ótima opção para quem não pode investir muito.

Guia de Compra

Possivelmente você já viu alguém utilizando uma bengala. Talvez um idoso tentando o equilíbrio na rua, uma pessoa cega usando-a para se orientar, ou alguém que tenha sofrido algum tipo de acidente.

E se você está aqui nesse Guia, é porque quer aprender mais sobre esse equipamento. Então, chegou ao lugar certo. Hoje, você se tornará um expert em bengalas e poderá fazer a sua compra de forma segura, seja qual for sua necessidade.

casal idoso passeando com cachorro, homem está apoiado em uma bengala

Com a chegada da terceira idade, a bengala se torna muitas vezes, a grande companheira de um idoso. (Fonte: MabelAmber/ Pixabay.com)

O que é uma bengala e quais suas vantagens?

Hoje em dia a bengala é um objeto que auxilia pessoas com pouca capacidade de locomoção. Existem diversos tipos de bengala, com medidas e outras características diferentes.

foco

Você sabia que a bengala já teve usos bem inusitados? Quando começou a ser popular, no século XVII, ela substituiu a espada como acessório do vestuário masculino. Além do valor decorativo que possuía, o ponto de destaque era que ela ainda poderia ser usada em caso de necessidade de briga ou batalha.

Desde tempos muito antigos já se usava objetos semelhantes às bengalas para apoios a pessoas com dificuldades de locomoção. Pode-se encontrar menções a bengalas no trabalho de Platão:

Deve-se temer a velhice, porque ela nunca vem só. Bengalas são provas de idade, não de prudência” - Platão

Não é mais moda utilizar bengalas sem necessidade. Assim, elas são muito úteis a quem tem problemas de locomoção ou equilíbrio. Seja pessoas mais idosas, por conta da idade, ou jovens, por acidentes ou lesões.

Pessoas com deficiência visual também podem fazer o uso de bengalas. Nesse caso, a utilidade é como rastreador no chão, também dando mais segurança para a locomoção.

Bengalas fazem parte do grupo de dispositivos de apoio que também possui, entre outros, andadores e muletas.

Entre as vantagens podemos destacar que uma bengala é um objeto muito barato, levando em consideração sua durabilidade, logo, possui em excelente custo benefício.

Além disso, ela proporciona a liberdade – e segurança - que a pessoa precisa em algum momento delicado da sua vida, já que a bengala serve para pessoas que estejam incapacitadas de caminharem com firmeza, por qualquer razão que seja.

No que prestar atenção: bengala de alumínio ou madeira?

Há algumas variações de tipos de bengalas disponíveis no mercado. Entre as mais comuns, estão o material, que pode ser madeira ou alumínio, e os tipos de apoios.

As de madeira, não são ajustáveis. Por outro lado, costumam ser mais resistentes ao peso do usuário. Obviamente, elas também são mais pesadas.

Já as de alumínio são mais leves e consequentemente menos resistentes ao peso. Mas, em média, esses modelos costumam suportar entre 90 e 100 kg. A grande vantagem desse tipo de bengala, é que elas são ajustáveis, se encaixando a altura do usuário.

Outra diferença, é que por conta do ajuste, as de alumínio são mais fáceis de levar dentro do carro, por exemplo. O mesmo não acontece com as de madeira, que acabam ocupando mais espaço.

Compare essas diferenças na tabela abaixo:

Bengala de madeira Bengala de alumínio
Não ajustável Facilidade de ajuste
Mais resistência a peso Menos resistência a peso
Poucas variações de modelo Várias variações de modelo
Mais pesadas Mais leves
Difícil para transportar Fácil para transportar

Quanto custa?

O preço das bengalas é bastante acessível para a maior parte da população. É possível encontrar modelos entre R$ 30, feitos com madeira e bastante simples, e R$ 100, dobráveis, de alumínio e com quatro apoios.

Claro que se a sua intenção for decorativa, os preços podem ser maiores. Há modelos com desenhos de animais como víboras e dragões que custam na faixa de R$ 150. E também existem as versões de colecionador, essas bem mais caras.

Onde comprar?

É muito fácil encontrar uma bengala. Além da maior parte dos serviços de e-commerce, como a Amazon brasileira e principalmente o Mercado Livre, na Internet ou pessoalmente as opções são variadas.

Sites de farmácias, cirúrgicas, instituições ortopédicas e médicas vendem diversos modelos. São sites confiáveis e muitos deles possuem lojas físicas.

Na sua cidade, também é possível ir a qualquer uma das opções citadas acima. Como são muitas as farmácias espalhadas pelas cidades brasileiras, talvez essa seja a escolha mais fácil. A partir daí, é só decidir qual será o seu modelo.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de bengala:

Além dos assuntos já debatidos, como o material e a diferença entre um ou quatro pés, há outros fatores para levar em conta na hora de escolher uma bengala. Dessa forma, fizemos uma lista para que você possa se informar sobre todos:

Abaixo, vamos explicar detalhadamente como fazer a escolha a partir de cada um desses fatores:

Peso suportado

 Imagem mostra um casal idoso passeando, o homem com uma bengala, a mulher com um carrinho de compras .

Bengalas mantêm a vitalidade de pessoas com dificuldades de locomoção. (Fonte: MabelAmaber/ Pixabay.com)

Como mencionamos anteriormente, as bengalas de madeira não possuem muita restrição de peso, mas as de alumínio, que possuem dobras e ajustes, normalmente sim. Por isso, esse é um fator a se prestar atenção.

Se você quer entender melhor a diferença entre uma bengala de madeira e alumínio, não deixe de conferir a tabela comparativa acima.

Em resumo, a maior parte dos modelos em destaque nos sites de venda suporta entre 90 e 100 kg. Para pessoas acima disso que querem um modelo de alumínio, será necessário encomendar uma bengala especial.

Claro que uma procura por lojas especializadas pode resolver alguns problemas, mas nem sempre será possível. Nesse caso, as de madeira podem ser as mais indicadas.

Altura ideal

Para não causar problemas na coluna e dificultar ainda mais a locomoção, há um jeito correto de usar a bengala. A recomendação é que o cabo fique exatamente na altura do pulso do braço que será o apoio.

Os modelos mais comuns de bengalas não reguláveis possuem 93 cm de altura e são ideais para pessoas de 1,80 m. Eles servem também como base para o cálculo a ser feito em outras bengalas.

Por exemplo, um modelo que pode ser ajustado entre 85 e 107 cm, pode ser usado por pessoas entre 1,72 m e 1,94 m, aproximadamente. Abaixo ou acima disso, também será necessária uma procura maior ou até encomenda.

Bengalas de madeira podem eventualmente ser cortadas.

Mas nunca deixe de olhar a altura da bengala pela qual você se interessou. Desconsiderar essa parte pode causar grandes problemas no futuro.

Aprenda mais sobre a altura nesse vídeo do canal Solução Médica:

Cabo

É muito comum ver bengalas com cabo curvado, similar ao de um guarda-chuva. Só que não é o ideal utilizá-la. O apoio repetido em um objeto com esse formato pode causar a Síndrome do Túnel do Carpo, doença que gera fraqueza muscular e formigamento nos pulsos.

A recomendação é a escolha por um cabo em T. Ele distribui o peso de forma uniforme e dá maior firmeza. Além disso, em casos especiais, é possível encontrar sulcos para os dedos. Eles são úteis para pessoas com maior deficiência.

 Imagem mostra uma mão de uma senhora idosa segurando uma bengala com cabo em T.

O Cabo em T é o mais indicado. (Fonte: sabinevanerp/ Pixabay.com)

Evite cabos de metal. Com o suor ou até mesmo a chuva, eles se tornam escorregadios e podem causar acidentes.

Aderência

Da mesma forma que cabos de metais podem causar acidentes, é necessário escolher bem a base da bengala. Materiais com grande aderência são os ideais.

Para pessoas com dificuldades de locomoção, qualquer desequilíbrio pode ser um grande transtorno. É por isso que materiais que permitem escorregões, ou não fiquem bem fixos no chão devem ser evitados.

Procure por bengalas que tenham a garantia de serem antiderrapantes.

Imagem mostra um braço de um homem segurando uma bengala de madeira.

Bengalas de madeira são mais difíceis de serem armazenadas. (Fonte: stevepb/ Pixabay.com)

Não é sempre que uma bengala vai precisar ser transportada em lugares pequenos e longe de seu dono, mas eventualmente pode acontecer. E se você for alguém que se vê com frequência nessa situação, prefira modelos dobráveis.

É possível reduzi-los bastante e levá-los com facilidade em pequenas caixas ou sacolas. Também é possível armazená-los em espaços pequenos. É o menos importante desses itens, mas em alguns casos, ainda pode ter a sua serventia.

(Fonte da imagem destacada: sabinevanerp/ Pixabay.com)

Por que você pode confiar em mim?