Imagem de um pai carregando seu bebê em um canguru
Ultima atualização: 14 de junho de 2021

Como escolhemos

4Produtos analisados

45Horas investidas

13Estudos avaliados

215Comentários coletados

Carregar o bebê com as mãos livres é uma facilidade e tanto. Isso é possível com os diferentes tipos de carregadores disponíveis no mercado. O mais famoso deles é o canguru para bebê, que é mais prático e dispensa amarrações.

Eles podem ser simples ou ergonômicos. Quer aprender mais antes de escolher o seu? Fica com a gente até o fim que preparamos um guia completo!




Primeiro, o mais importante

  • O canguru é usado para carregar o bebê sem precisar usar os braços. Diferente de um sling, ele dispensa amarrações e é facilmente encaixado no corpo.
  • Os modelos evoluíram ao longo dos anos. Hoje, além do simples, você também encontra o canguru ergonômico.
  • Muito usado para passeios externos, geralmente o canguru permite que você carregue seu bebê desde os quatro meses até pouco mais de dois anos.

Melhores cangurus para bebê: nossas sugestões

Selecionamos os modelos com as melhores avaliações, assim você estará fazendo uma compra segura, baseado na opinião de quem usou e aprovou:

Guia de compra: tudo o que você precisa saber sobre canguru para bebê

Os bebês geralmente adoram passear no canguru. Eles ficam perto da mãe ou do pai enquanto consegue visualizar tudo de cima, um ângulo diferente para eles. Mas para usar esse utensílio, é preciso tomar alguns cuidados. Venha aprender tudo sobre o canguru de bebê ao longo desse guia.

Imagem de uma mulher sentada com seu bebê em um canguru

O canguru ideal é aquele que acomoda o bebê com postura ergonômica. (Fonte: Josh Willink / Pexels.com)

Quais os diferentes tipos de canguru para bebê?

Existem basicamente dois tipos de canguru: o comum e o estilo mochila ergonômica. Ambos modelos podem apresentar variações evolutivas, que acompanham o crescimento do bebê e podem ser usados em diferentes posições.

Um canguru pode ser simples, mas oferecer uma posição ergonômica ao bebê. E esse é o aspecto mais importante para a escolha de um canguru, já que dessa forma respeita a anatomia do bebê e também de quem carrega a criança, trazendo mais conforto e segurança.

Num modelo convencional, o bebê fica com as pernas penduradas. Isso pode sobrecarregar o quadril da criança. Além do mais, o peso fica sobre a região genital. Já no canguru ergonômico, existe um suporte que sustenta toda a extensão da coxa do bebê. Ele fica sentado e levemente curvado, isso não acarreta em pressão na coluna.

Você sabia?

O canguru que deixa as pernas do bebê penduradas pode ocasionar problemas ortopédicos no futuro.

Com que idade é possível usar o canguru de bebê?

Antigamente, com a pouca variedade de modelos, existia resposta para essa pergunta. Hoje em dia existem cangurus que podem ser usados desde o nascimento, desde que seja evolutivo e tenha opção de posição horizontal para os primeiros meses.

Considerando o tipo comum de canguru, que mantêm a criança sentada ergonomicamente, costuma ser indicado para bebês que já sustentam o pescoço com firmeza e já começaram a ficar sentados com apoio, a partir do terceiro ou quarto mês.

De qualquer forma, é preciso respeitar a orientação do fabricante, já que alguns modelos podem ser usados apenas a partir de seis meses.

Enquanto alguns oferecem a capacidade por idade, geralmente até dois anos, outros modelos indicam o peso máximo que o bebê pode ser carregado no canguru.

Close em rosto de bebê sorrindo no canguru

A idade mais segura é quando o bebê já sustenta o pescoço com firmeza. Fonte: javi_indy / Freepik.com

Como usar o canguru da forma correta?

Não há segredo em usar um canguru para bebê. Basta acomodar a criança da forma correta e encaixar as fivelas, ajustando as alças como desejar. Porém, alguns pontos precisam ser observados em relação à posição do bebê dentro do canguru.

  1. Nos primeiros meses de vida o bebê deve ficar virado para a pessoa, assim sua coluna fica na curvatura certa para a idade da criança. Virá-lo para frente antes dos seis meses não respeita a fisiologia do bebê.
  2. Nunca obstrua a passagem de ar para a criança. Se ele dormir no canguru, jamais deixe a cabecinha do bebê caída para trás, isso pode bloquear a respiração.
  3. Já mencionamos, mas é importante reforçar, evite deixar a perna do bebê esticada ou pendurada. O ideal é que o canguru ofereça apoio do quadril até o joelho, num ângulo de 90 graus, como se as pernas da criança envolvessem a mãe. Essa posição é conhecida como sapo.
  4. Com firmeza total da cabeça, o bebê já pode ser virado para frente, desde que o canguru respeite a ergonomia das pernas do bebê

Para o adulto, o ideal é que o canguru tenha alças largas e confortáveis e apoio no quadril, oferecendo maior sustentação e distribuindo o peso igualmente.

Canguru ou sling: qual o melhor?

Não existe melhor ou pior, e sim características diferentes. Enquanto o canguru se parece com uma mochila, o sling trata-se de um tecido que prende a criança no corpo do adulto através de amarrações.

O sling é muito usado desde o nascimento para deixar a criança em contato com a mãe, aumentando o vínculo entre ela e o bebê. É o modelo ideal para usar no dia a dia, liberando a mãe para a realização de algumas tarefas mesmo com o bebê no “colo”.

O canguru também pode ser usado em casa, mas ele geralmente é a opção escolhida para passeios externos, com o bebê já maior, como vimos ao longo desse guia. Compare:

Canguru Sling
Como funciona Mochila com fivelas para prender o bebê no corpo do adulto Tecido de 5 metros que precisa de amarrações específicas para deixar o bebê em contato com o adulto
Indicação Depende do modelo, mas é comumente usado a partir dos quatro meses para passeios externos Ideal para o dia a dia, podendo ser usado desde o nascimento já que respeita a coluna do bebê
Capacidade É indicado pelo peso máximo, que pode ser de 9 a 25 kg, dependendo do modelo Não existe limite, mas alguns profissionais recomendam até 1 ano, depois disso pode ficar difícil para o adulto

Critérios de compra: O que levar em conta ao comparar diferentes tipos de canguru para bebê

Pronta para escolher seu canguru? Espera aí, temos algumas dicas super importantes para você garantir um modelo bem funcional. Veja:

Material

Nesse critério dois pontos são importantes: conforto e durabilidade. Sendo assim, escolha um modelo acolchoado, especialmente nas alças. Também se atente sobre o acabamento e reforço de costura.

Compartimentos

Você já deve ter visto que alguns cangurus são verdadeiras mochilas. Eles possuem bolsos e outros compartimentos para facilitar o carregamento de pertences pessoais e pequenos objetos. Porém, isso varia muito de um modelo para o outro. Se você gosta de sair para passear sem bolsa, preste atenção nesse detalhe.

Facilidade de colocação

A ideia é que o adulto seja capaz de colocar o canguru sozinho, sem precisar da ajuda de uma outra pessoa. Sendo assim, certifique-se de que o modelo escolhido facilita a colocação do canguru. Se não for possível experimentar, busque por tutoriais da marca.

Mãe andando de metrô com bebê no canguru

A facilidade de colocação é um dos principais critérios para quem usa no dia a dia. (: Jozef Polc / 123rf.com)

Assento

Existem cangurus que possuem um ajuste de assento. Geralmente uma peça mais rígida acompanha o produto para que possa ser encaixada e trazer mais firmeza e sustentação para o bumbum do bebê. Esse extra é mais comum em cangurus convencionais, sendo que o ergonômico já favorece a postura correta.

Capacidade

A capacidade máxima de um canguru pode variar bastante. Alguns modelos suportam apenas até 9 kg, outros aguentam crianças de até 25 kg. Isso muda quanto tempo você vai poder carregar seu bebê no canguru.

Algumas crianças atingem 9 kg aos 8 meses, outras apenas com um ano. Por isso é preciso respeitar o peso indicado pelo fabricante ao invés de usar a idade como referência.

Posições

O canguru de bebê pode ser simples, com posição única, ou evolutivo, que acompanha o crescimento do bebê. Geralmente os modelos evolutivos são vendidos com a descrição de 3 ou 4 em 1, e isso indica o número de posições que você pode colocar o bebê no acessório.

Existem cangurus que a criança pode deitar completamente, alguns que podem ser levados nas costas, entre outras diferenças. Vale a pena conferir essas variações para maior satisfação com sua compra.

Resumo

O canguru de bebê serve para carregar a criança deixando os braços livres. É muito útil para passear. Eles podem ser comuns ou ergonômicos. É importante que ele respeite a fisiologia do bebê, conforme explicamos ao longo desse artigo.

Esperamos ter ajudado você a entender o jeito correto de levar seu bebê com segurança. Agora nos conte, onde vai ser o primeiro passeio com seu bebê no canguru?

(Fonte da imagem destacada: Kelly Sikkema/ Unsplash.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas