Ultima atualização: 4 de agosto de 2021

Como escolhemos

7Produtos analisados

21Horas investidas

6Estudos avaliados

30Comentários coletados

Quando falamos em celulite, a primeira coisa que vem à mente são as desvantagens estéticas que ela causa. No entanto, esta infecção da pele pode causar sérios danos à sua saúde. Tenha em mente que se você não tratar a infecção a tempo, ela pode se espalhar para seus linfonodos e corrente sanguínea, o que pode rapidamente colocar sua vida em risco (1).

É por isso que reunimos este artigo para que você possa rapidamente detectar os sintomas e evitar que a situação piore! Por outro lado, se você está sofrendo da doença, é importante que você tome um dos tratamentos científicos que recomendamos abaixo.




O mais importante

  • Embora muitos pensem apenas na parte estética, a celulite é uma doença perigosa se ela ocorre perto de certas áreas sensíveis, como os olhos. Quando isso ocorre, a doença deve ser tratada imediatamente.
  • É essencial realizar uma prevenção adequada, praticando esporte e cuidando de seus hábitos alimentares. Desta forma, você pode antecipar os efeitos adversos da doença.
  • Tenha em mente que os homens também podem sofrer de celulite. No caso deles, muitas vezes ela se acumula no abdômen e na cintura. Uma boa massagem e atividade física também pode ser um grande antídoto nestes casos.

Celulite: nossa recomendação dos melhores produtos

Guia de compra: o que você precisa saber sobre a celulite

Para combater a celulite é importante que você esteja informado sobre as causas, sintomas e outros elementos que lhe permitam realizar a prevenção primeiro e depois um tratamento adequado. Nós preparamos uma série de perguntas frequentes que lhe permitirão responder todas as suas perguntas de forma ordenada.

A celulite pode ser muito prejudicial à saúde além da estética. (Fonte Zoomteam; 76865656/ 123rf.com)

Quais são as causas da celulite?

A celulite é causada por uma infecção na pele causada por bactérias, sendo as mais freqüentes o estafilococo e o estreptococo. Em relação às causas da celulite, vale mencionar que estas são múltiplas e variam dependendo da pessoa.

Por outro lado, não há unanimidade entre os especialistas quando se trata de definir as causas da celulite. Entretanto, academias de prestígio como a Academia Espanhola de Dermatologia e Venereologia apontam que existem quatro causas principais (2)

  1. Mudanças estruturais cutâneas: Como consequência dessas mutações, a gordura pode ser transferida para a derme e deteriorá-la. Isto pode levar à irritação e ao aparecimento da celulite.
  2. Alterações no septo conjuntivo: Essas modificações geralmente ocorrem porque há uma mudança na orientação do septo conjuntivo de um arranjo oblíquo para um arranjo vertical. Esta mudança na estrutura da pele leva a uma perda de tensão nestes septos e a gordura se projeta.
  3. Alterações vasculares: Você pode experimentar alterações no seu metabolismo que resultam na retenção de líquidos na derme. Esta retenção desencadeia um aumento da pressão e, portanto, uma ruptura dos capilares originando a formação de pequenas hemorragias.
  4. Inflamação: Estudos científicos recentes detectaram a existência de células inflamatórias em certas estruturas, como a septa conjuntival. Portanto, se você tem inflamações você deve ter cuidado, pois você está mais propenso ao aparecimento de celulite.

Que tipos de celulite existem?

Podemos classificar a celulite de acordo com os parâmetros de textura e área:

Textura

  • Suave: Neste tipo de celulite o tecido está inchado e edemaciado, ou seja, coberto com água. Geralmente aparece em pessoas que sofrem de obesidade gynoide (3). A celulite suave está freqüentemente localizada nas pernas, principalmente na região do joelho.
  • Duro: É caracterizado por um alto componente hormonal e tóxico. Uma área encapsulada se forma na forma de um nódulo ou micromódulo em que o sangue circula mal. Além disso, esta área está inflamada e causa dores significativas (3).
  • Encistado: O terceiro tipo de textura é encistado. Esta celulite também pode ocorrer em pessoas magras. Ele tem uma estrutura extremamente dura e resistente. Ele só pode ser removido por cirurgia (3).

Área

  • Generalizado: Isto ocorre quando a celulite existe em várias partes do corpo. Conseqüentemente, o tratamento deve ser extenso, combatendo assim múltiplos focos. É mais frequente em pessoas que sofrem de desordens como a obesidade.
  • Focalizado: Este é o que está localizado em uma parte específica do corpo. Portanto, o tratamento deve ser intensivo e focado nessa parte. Pode ocorrer em áreas como abdômen, tornozelos, costas, entre outras.

A celulite nas pernas é uma das mais comuns, lembre-se de fazer esporte e cuidar de sua dieta. (Fonte: Dotshock: 15321363/ 123rf.com)

Que graus de celulite existem?

Existem quatro graus diferentes de celulite. A primeira série é a forma mais suave de celulite. Nesta nota, há poucas mudanças e irregularidades são quase imperceptíveis. Entretanto, as notas aumentam em escala.

Já na segunda série da celulite começam a aparecer algumas irregularidades, e estas se tornam ainda mais pronunciadas nas séries três e quatro. Além disso, quanto maior a nota, mais complexo se torna o tratamento. Por esta razão, a detecção precoce da celulite é essencial para uma recuperação rápida.

Em quais partes do corpo a celulite pode ser localizada?

A celulite pode ser localizada em várias partes do corpo como: pernas, costas, tornozelos, braços, abdômen, seios, entre outros. Também é comum entre os jovens sofrer de celulite orbital ou periorbital, gerando infecções perigosas na área dos olhos.

Lembre-se de que a celulite pode trazer-lhe inconvenientes estéticos, mas também biológicos. (Fonte: Ufabizphoto: 161470968/ 123rf.com)

Celulite orbital ou periorbital

Infecções oculares são comuns na "idade pediátrica" (a idade pediátrica é do nascimento aos 18 anos). A distinção entre celulite periorbital e orbital é essencial para um tratamento apropriado. Além disso, o diagnóstico e tratamento precoce são importantes para evitar complicações sérias (4).

Por um lado, a celulite orbital compreende as infecções encontradas na pálpebra e na pele frontal do olho. Enquanto isso, a celulite periorbital é a celulite que ocorre na parte de trás do septo do olho. É extremamente importante distinguir entre estes dois tipos de infecções para que o antibiótico apropriado possa ser usado. A

A celulite também afeta os homens?

Embora a celulite seja um problema que afeta principalmente as mulheres, isto não significa que os homens estejam isentos desta condição. No caso dos homens, a gordura geralmente se acumula na região do quadril ou abdômen, causando uma sensação desconfortável para aqueles que sofrem com ela.

Quais são os principais fatores de risco?

É verdade que tanto mulheres quanto homens podem ter celulite em alguma parte do corpo. No entanto, há certos fatores que aumentam muito suas chances de desenvolver a condição. Estes fatores são

  • Infecções: Quando uma infecção ocorre, você deve estar muito atento porque este é o ponto de partida para a entrada de todos os tipos de bactérias. Uma desinfecção rápida é fundamental para evitar possíveis riscos.
  • Sistema imunológico enfraquecido: Lembre-se que uma das principais funções da pele é formar barreiras que o protejam contra todos os tipos de bactérias ou patógenos. Mas se o seu corpo estiver enfraquecido, cuidado! As bactérias entram com muito mais facilidade.
  • Braços ou pernas inchados: O inchaço pode causar a falha do sistema linfático do seu corpo. Lembre-se de que o sistema linfático é uma parte vital do sistema imunológico. Sua função é ajudar a mover o fluido corporal para combater infecções no corpo (5).
  • Doenças de pele: Se você tem uma doença de pele, você deve ser muito cuidadoso, pois a celulite pode aumentar as reações adversas.

A dor é um dos sintomas mais comuns da celulite. (Fonte: Yastremska: 98021819/ 123rf.com)

Quais são os sintomas da celulite?

Uma das desvantagens da celulite é que seus sintomas são muitas vezes bastante variados. A Clínica Mayo diz que os casos de celulite têm um quadro clínico mais indefinido e um espectro etiológico mais amplo (ou seja, é mais complicado entender a origem da doença)(6).

No entanto, você deve saber que nem todos os sintomas são os mesmos. Enquanto alguns deles tendem a ser leves, outros justificam a hospitalização. Abaixo está uma lista dos sintomas mais comuns de celulite

  • Inchaço
  • Redness
  • Dor
  • Febre
  • Sentimento de calor permanente
  • Bolhas

Em casos de febre alta ou feridas avermelhadas expansivas, você deve consultar um médico.

Tratamento e prevenção da celulite

É sempre melhor prevenir do que remediar, ainda mais na área médica. Para a Clínica Mayo, você deve evitar cortes e arranhões. Para isso é essencial usar as roupas e calçados certos, usar luvas quando necessário e ter cuidado ao cortar as unhas das mãos e dos pés (7).

Como evitar a celulite

Lembre-se que a celulite pode trazer inconvenientes estéticos, mas também biológicos. As infecções são muito irritantes quando ocorrem em áreas sensíveis, como os olhos. A fim de assegurar uma prevenção adequada, é extremamente importante que você se exercite regularmente e faça as mudanças necessárias em sua dieta para evitar esta doença.

Lembre-se de que uma boa dieta requer não apenas uma seleção adequada de alimentos, mas também uma hidratação adequada. (Fonte: Olsson: KPDbRyFOTnE/ Unsplash.com)

Praticar esporte

Praticar esporte tem enormes benefícios. Um dos principais benefícios é promover a circulação do sangue. Além disso, estudos recentes indicam que um estilo de vida sedentário é um fator chave no desenvolvimento de uma série de doenças crônicas como pressão alta, diabetes e obesidade, entre outras (8).

Para combater a celulite você pode tentar exercícios aeróbicos ou de tonificação corporal. Os exercícios aeróbicos permitem que você melhore sua forma física e reduza sua gordura corporal. Por outro lado, exercícios de tonificação ajudarão você a construir uma massa muscular sólida enquanto previne e esconde gordura.

Mudanças nos hábitos alimentares

Ter uma dieta equilibrada é essencial para o seu bem-estar. Saber como escolher sua comida é um dos pontos-chave quando se trata de limitar sua gordura corporal. Certas frutas como bananas, abacaxis e peras são saudáveis e facilmente transportáveis. Por outro lado, produtos como cereais e nozes são essenciais porque são ricos em vitaminas e minerais.

Lembre-se que uma boa dieta requer não apenas uma seleção adequada de alimentos, mas também uma hidratação adequada.

Por outro lado, há certos alimentos que você deve cortar para conseguir uma dieta adequada. Estes alimentos são aqueles que contêm

  • Açúcar
  • Excesso de gordura
  • Cafeína
  • Farinha
  • Álcool

Tratamento

Você deve ter em mente que existem diferentes tipos de tratamento. Isto é lógico, já que a celulite pode se alojar em diferentes partes do corpo, ou em várias delas simultaneamente. Abaixo, mostraremos alguns dos tratamentos mais comuns para combater a celulite.

A celulite pode ser localizada em diferentes partes do corpo, tais como: pernas, costas, tornozelos, braços, abdômen, seios, entre outros. (Fonte: Belyaev: 119813426/ 123rf.com)

Antibióticos

Os antibióticos são o tratamento por excelência quando se trata de infecções causadas por bactérias. Por outro lado, tenha em mente que a pele compõe cerca de 16% do seu peso corporal. Como cobertura externa e proteção do corpo, ele está constantemente exposto a vários traumas (quedas, feridas, toxinas) e infecções (9).

Para uma melhor compreensão, elaboramos uma tabela com as principais substâncias que incluem os melhores antibióticos.

Sustancia Usage Efeitos colaterais
Amoxicilina Semelhante à penicilina, é ideal para tratar infecções causadas por bactérias Náusea, vômitos e dor de cabeça
Cefuroxyma Eficiente contra diferentes tipos de infecções que ocorrem no cara Não recomendado naqueles com histórico de reações alérgicas
Cefotaxyma Ideal para tratar doenças respiratórias Vômito, diarréia e vermelhidão
Cloxacilina Uma ótima alternativa à penicilina, funciona regenerando tecidos na pele Coceira, urticária (se você tem pele sensível, náusea)

Massagem anticelulite

A massagem anticelulite é ideal para reativar a circulação sanguínea e drenagem. Uma das técnicas mais comuns é o bombeamento. Isto consiste em aplicar pressão sobre a área afetada com ambas as mãos. O procedimento é semelhante ao bombeamento do coração para pessoas que sofrem de um ataque cardíaco.

Tratamento por injeção

Atualmente, existem tratamentos de injeção muito avançados, como a mesoterapia. Isto consiste na introdução de pequenas injeções com agulhas para melhorar a circulação e promover a redução de gordura. É uma ótima alternativa à cirurgia.

A cirurgia é um dos tratamentos usados quando a celulite é avançada (Fonte: Ahmed; E285pJbC4uE/ Unsplash.com)

Intervenção cirúrgica

Você pode considerar a cirurgia como um último recurso. Na verdade, não é errado pensar dessa maneira! No entanto, você deve estar ciente de que os avanços científicos têm levado a intervenções muito mais seguras há vários anos.

Entre elas, há uma cirurgia chamada subcisão. Subcisão é uma técnica cirúrgica usada para tratar depressões de pele como cicatrizes, estrias e celulite quando elas estão em estado crítico (grau 3 e 4). Estas lesões estão geralmente localizadas principalmente nas coxas, nádegas e quadris (10).

Conclusão

A celulite é muito mais do que um problema cosmético. É uma doença que pode ser severamente prejudicial se infecções ocorrerem. Por outro lado, se você tem algum dos fatores de risco, você deve tomar precauções extras. Se você tiver algum dos sintomas, é aconselhável consultar um médico para descartar ou tomar as medidas correspondentes.

Finalmente, lembre-se que a celulite é uma doença que pode afetar tanto homens quanto mulheres. No caso dos homens, há uma tendência a acumular mais gordura na cintura e na área abdominal. Entretanto, cada caso é diferente e deve ser analisado separadamente. Se você gostou do artigo, sinta-se à vontade para compartilhá-lo nas mídias sociais com seus amigos para que todos sejam informados!

(Fonte da imagem em destaque: Saejueng: 93616686/ 123rf.com)

Referências (10)

1. Mayo Clinic E. Celulitis [Internet]. Mayo Clinic. Mayo Clinic; 2020 [cited 2021Feb18]. Available from: https://www.mayoclinic.org/es-es/diseases-conditions/cellulitis/symptoms-causes/syc-20370762
Fonte

2. Celulitis, lo ultimo para combatirla [Internet]. Academia española de dermatología y venereología . Elia Roo; 2009 [cited 2021Feb19]. Available from: https://aedv.es/comunicacion/notas-de-prensa/celulitis-lo-ultimo-para-combatirla/#:~:text=Se%20entiende%20por%20celulitis%20la,%2C%20muslos%2C%20nalgas%20y%20abdomen.
Fonte

3. Bluemoon. Tipos y grados de celulitis [Internet]. Clínica Bluemoon artículo. Clínica Bluemoon de Cirugía Estética; [cited 2021Feb20]. Available from: https://clinicabluemoon.es/blog/tipos-grados-celulitis/
Fonte

4. Jiménez MR, Blázquez Fernández JA, Prados Álvarez M, Martín Pelegrina MD, Ramos Amador JT. Revisión de celulitis orbitaria y periorbitaria [Internet]. Pediatría Atención Primaria. Rev Pediatr Aten Primaria vol.11 no.44 Madrid oct./dic. 2009; 2009 [cited 2021Feb18]. Available from: http://scielo.isciii.es/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1139-76322009000500005
Fonte

5. La celulitis: todo lo que debes saber [Internet]. CDC. Centros para el Control y Prevención de enfermedades; [cited 2021Feb20]. Available from: https://www.cdc.gov/groupastrep/diseases-public/cellulitis-sp.html
Fonte

6. Fica A. Celulitis y erispela :Manejo en atención primaria [Internet]. Revista chilena de infectología. Sección de Infectología Hospital Clinico Universidad de Chile; 2003 [cited 2021Feb19]. Available from: https://scielo.conicyt.cl/scielo.php?pid=S0716-10182003000200004&script=sci_arttexthttps://scielo.conicyt.cl/scielo.php?pid=S0716-10182003000200004&script=sci_arttext
Fonte

7. Gibson L. Celulitis: Cómo prevenir los episodios recurrentes [Internet]. Mayo Clinic. Mayo Clinic ; 2019 [cited 2021Feb18]. Available from: https://www.mayoclinic.org/es-es/diseases-conditions/cellulitis/expert-answers/cellulitis/faq-20058135
Fonte

8. Ramirez W, Vinaccia S, Suarez GR. El impacto de la actividad física y el deporte sobre la salud, la cognición, la socialización y el rendimiento académico: una revisión teórica [Internet]. Revista de Estudios Sociales. Revista de Estudios Sociales; 2004 [cited 2021Feb22]. Available from: https://revistas.uniandes.edu.co/doi/pdf/10.7440/res18.2004.06
Fonte

9. Herrera-Arana V, González-Mendoza J, Iglesias Quica D. Actualización en el manejo de antibióticos en las infecciones superficiales de piel y partes blandas [Internet]. Acta Medica Peruana. Instituto de Medicina Tropical; 2006. Available from: http://www.scielo.org.pe/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1728-59172006000100007
Fonte

10. Clínica Alemana RC. Novedosa tecnica quirúrgica para combatir la celulitis [Internet]. Clínica Alemana. Clínica Alemana; 2005 [cited 2021Feb22]. Available from: https://www.clinicaalemana.cl/articulos/detalle/2005/novedosa-tecnica-quirurgica-para-combatir-la-celulitis
Fonte

Por que você pode confiar em mim?

Artículo Científico
Mayo Clinic E. Celulitis [Internet]. Mayo Clinic. Mayo Clinic; 2020 [cited 2021Feb18]. Available from: https://www.mayoclinic.org/es-es/diseases-conditions/cellulitis/symptoms-causes/syc-20370762
Ir para a fonte
Artíulo Científico
Celulitis, lo ultimo para combatirla [Internet]. Academia española de dermatología y venereología . Elia Roo; 2009 [cited 2021Feb19]. Available from: https://aedv.es/comunicacion/notas-de-prensa/celulitis-lo-ultimo-para-combatirla/#:~:text=Se%20entiende%20por%20celulitis%20la,%2C%20muslos%2C%20nalgas%20y%20abdomen.
Ir para a fonte
Artículo Científico
Bluemoon. Tipos y grados de celulitis [Internet]. Clínica Bluemoon artículo. Clínica Bluemoon de Cirugía Estética; [cited 2021Feb20]. Available from: https://clinicabluemoon.es/blog/tipos-grados-celulitis/
Ir para a fonte
Artículo Científico
Jiménez MR, Blázquez Fernández JA, Prados Álvarez M, Martín Pelegrina MD, Ramos Amador JT. Revisión de celulitis orbitaria y periorbitaria [Internet]. Pediatría Atención Primaria. Rev Pediatr Aten Primaria vol.11 no.44 Madrid oct./dic. 2009; 2009 [cited 2021Feb18]. Available from: http://scielo.isciii.es/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1139-76322009000500005
Ir para a fonte
Artíulo Científico
La celulitis: todo lo que debes saber [Internet]. CDC. Centros para el Control y Prevención de enfermedades; [cited 2021Feb20]. Available from: https://www.cdc.gov/groupastrep/diseases-public/cellulitis-sp.html
Ir para a fonte
Artículo Científico
Fica A. Celulitis y erispela :Manejo en atención primaria [Internet]. Revista chilena de infectología. Sección de Infectología Hospital Clinico Universidad de Chile; 2003 [cited 2021Feb19]. Available from: https://scielo.conicyt.cl/scielo.php?pid=S0716-10182003000200004&script=sci_arttexthttps://scielo.conicyt.cl/scielo.php?pid=S0716-10182003000200004&script=sci_arttext
Ir para a fonte
Artículo Científico
Gibson L. Celulitis: Cómo prevenir los episodios recurrentes [Internet]. Mayo Clinic. Mayo Clinic ; 2019 [cited 2021Feb18]. Available from: https://www.mayoclinic.org/es-es/diseases-conditions/cellulitis/expert-answers/cellulitis/faq-20058135
Ir para a fonte
Artículo Científico
Ramirez W, Vinaccia S, Suarez GR. El impacto de la actividad física y el deporte sobre la salud, la cognición, la socialización y el rendimiento académico: una revisión teórica [Internet]. Revista de Estudios Sociales. Revista de Estudios Sociales; 2004 [cited 2021Feb22]. Available from: https://revistas.uniandes.edu.co/doi/pdf/10.7440/res18.2004.06
Ir para a fonte
Artículo Científico
Herrera-Arana V, González-Mendoza J, Iglesias Quica D. Actualización en el manejo de antibióticos en las infecciones superficiales de piel y partes blandas [Internet]. Acta Medica Peruana. Instituto de Medicina Tropical; 2006. Available from: http://www.scielo.org.pe/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1728-59172006000100007
Ir para a fonte
Artículo Científico
Clínica Alemana RC. Novedosa tecnica quirúrgica para combatir la celulitis [Internet]. Clínica Alemana. Clínica Alemana; 2005 [cited 2021Feb22]. Available from: https://www.clinicaalemana.cl/articulos/detalle/2005/novedosa-tecnica-quirurgica-para-combatir-la-celulitis
Ir para a fonte
Resenhas