Ultima atualização: 23 de abril de 2020

Como escolhemos

9Produtos analisados

19Horas investidas

4Estudos avaliados

65Comentários coletados

Todo cabeleireiro sabe que ter as ferramentas certas para trabalhar é essencial para alcançar bons resultados e conquistar a clientela. Para isso existem escovas, shampoos, máscaras capilares, secadores e a chapinha profissional, produto do qual vamos falar hoje aqui no Guia de Bem Estar.

A chapinha profissional é um item essencial para alisar e até mesmo ondular os fios. Ela atinge temperaturas bastante altas e graças a isso torna esse processo mais rápido. Muitas marcas investem na confecção dessa ferramenta e nesse guia de compra você irá aprender tudo sobre ela. Para saber mais é só continuar lendo!

Primeiro, o mais importante

  • A chapinha profissional atinge temperaturas mais altas do que as domésticas e existem opções que chegam a até 250ºC.
  • É muito comum encontrar esse produto com recursos como seletor de temperatura e cabo giratório.
  • A chapinha profissional pode ser adquirida em lojas online e físicas que vendem produtos para cabeleireiros.

Melhores chapinhas profissionais: A ideal para cada cabeleireiro

A chapinha profissional é um produto que está presente em praticamente todos os salões de beleza. Ela é muito prática e torna o dia a dia mais produtivo e eficiente. Existem diversas opções dessa ferramenta que podem ser adquiridas e abaixo você encontra as mais bem avaliadas.

A chapinha profissional mais completa

Esse modelo de chapinha profissional atinge uma temperatura regulável máxima de até 230ºC. Ela é confeccionada com a tecnologia Sol-Gel, que reduz a fricção das placas nos cabelos e promove um deslizamento mais preciso e leve. Essa opção possui ainda placas de cerâmica, laterais curvadas para criar cachos e um revestimento exterior que suporta o calor excessivo. Além disso, ela tem cabo giratório e visor de cristal líquido.

Uma chapinha profissional com ótimo custo benefício

Essa chapinha professional atinge até 230ºC e possui um visor LCD com controle de temperatura. Ela é confeccionada com placas extralongas em titanium gerador de íons negativos, que diminuem o frizz, alisam e modelam os fios. Esse modelo de chapinha tem ainda função para ajuste para cada tipo de cabelo e cabo giratório.

A chapinha profissional com a tecnologia mais diferenciada

Esse modelo de chapinha profissional é confeccionado com a tecnologia Micro Glitt, que protege a queratina natural do cabelo e evita que ele desgaste. Essa opção possui ainda display de LED com temperaturas pré-definidas e atinge até 230ºC. Além disso, a chapinha possui patins maiores, que garantem um pranchado mais eficiente, é bivolt e tem alça para ser pendurada.

Guia de compra

Sinônimo de agilidade e eficiência, a chapinha profissional é um produto que garante fios alisados ou ondulados sem dificuldades. Presente em muitos salões de cabeleireiro, esse é um investimento que vale a pena e que torna o dia a dia mais prático.

Justamente por isso, nesse guia de compra reunimos todas as informações mais importantes a respeito da chapinha profissional. Além disso, nele você irá descobrir como escolher o modelo ideal para a sua necessidade. Vamos lá?

Na foto uma cabeleireira fazendo chapinha no cabelo de uma mulher.

A chapinha profissional está presente em muitos salões de beleza e é um produto bastante utilizado pelos cabeleireiros. (Fonte: parilovv/ 123RF)

Quais as vantagens e desvantagens da chapinha profissional?

A chapinha profissional é um produto que não pode faltar no kit de um cabeleireiro. Isso porque ela reúne uma série de características que tornam o dia a dia de trabalho mais prático e eficiente.

Um diferencial desse item fica por conta da temperatura que atinge.

Um diferencial desse item fica por conta da temperatura que ele atinge.

A maioria dos modelos de chapinha profissional trabalham com até 250ºC e graças a isso conseguem modelar ou alisar os fios com maior agilidade.

Outra vantagem da chapinha profissional fica por conta de seus recursos. Diferente dos modelos para uso doméstico, com essa versão é possível selecionar a temperatura desejada e checá-la em um visor.

Além disso, esse produto pode ser encontrado com cabo giratório, o que facilita e muito a sua utilização.

Outro ponto bastante positivo da chapinha profissional fica por conta das suas pranchas. Diversos modelos são confeccionados com pranchas mais longas, que conseguem pegar uma quantidade maior de cabelo.

A desvantagem é que a chapinha profissional costuma ter um preço mais elevado.

Vantagens
  • Atinge temperaturas bem altas
  • Conta com seletor de temperatura
  • Alisa e modela os fios mais rápido
  • Torna o dia a dia mais prático
  • Tem cabo giratório
  • Possui pranchas mais longas
Desvantagens
  • Costuma ser a mais cara do mercado

Quais as diferenças entre uma chapinha profissional e uma doméstica?

Quando se fala em chapinha profissional é comum surgir a dúvida se realmente existem diferenças entre elas e as opções de uso doméstico. Por mais que a aparência dessas duas opções seja bem parecida, existem variações entre elas.

As chapinhas profissionais são mais completas do que as voltadas para uso doméstico. É comum que elas contem com recursos mais avançados como seletor de temperatura e cabo giratório, por exemplo.

Outra variação fica por conta da temperatura, que é algo que se altera entre as chapinhas profissionais e as domésticas. Isso porque os modelos profissionais atingem temperaturas mais altas que podem chegar até 250ºC.

O preço também muda. Existem opções de chapinha de uso doméstico por menos de R$100, enquanto que as de uso profissional começam nesse valor e podem passar dos mil reais.

Chapinha profissional Chapinha para uso doméstico
Temperatura que atinge Até 250ºC Até 230ºC
Recursos Seletor de temperatura, cabo giratório, dentre outros São mais simples e básicas
Valor Existem opções que passam dos mil reais Há modelos por menos de R$100

Quais cuidados deve-se ter com uma chapinha profissional?

A chapinha profissional é um produto muito útil. Porém, ela deve ser utilizada com alguns cuidados para não prejudicar nem o produto, nem o cabelo e muito menos o cabeleireiro.

O uso de luvas ao manusear essa ferramenta é importante. Como as chapinhas profissionais atingem temperaturas bastante altas, elas podem acabar queimando as mãos. Logo, todo cabeleireiro que usar uma dessas deve fazer a utilização de uma luva térmica.

Também é importante passar um protetor térmico nos fios antes de pranchá-los. Dessa forma se impede que eles fiquem danificados. Outro ponto essencial é não passar a chapinha diversas vezes pela mesma mecha.

Já na hora de guardar esse produto lembre-se sempre de esperar ele esfriar. Dessa maneira a chapinha irá manter a sua durabilidade e funcionamento.

Quais são as principais marcas de chapinha profissional?

A chapinha profissional é confeccionada por diversas marcas e isso dá aos cabeleireiros uma vasta gama de opções para escolher.

Inclusive, a maioria das empresas que confeccionam chapinhas para uso doméstico contam com modelos para profissionais também.

A Taiff é uma delas. Muito conhecida pela sua linha de produtos para o cabelo, essa fabricante conta com diversas opções de chapinha para quem trabalha nesse área. A Gama é outra marca que trabalha com chapinhas profissionais. Ela é inclusive uma das mais avançadas nesse quesito.

Existem também as opções da Babyliss Pro. Essa marca ficou muito conhecida pelo famoso Miracurl, produto que faz cachos automaticamente, mas ela tem também diversas opções de chapinha profissional muito completas.

Outras empresas que confeccionam esse produto são a Lizz, a Arno e a Lizze.

Pode-se usar uma chapinha profissional em casa?

O uso da chapinha profissional de forma doméstica não é proibido, porém ele deve ser feito com atenção e moderação.

A chapinha profissional consegue alisar ou até mesmo cachear os fios de maneira mais rápida do que a doméstica. Isso acontece porque ela trabalha com temperaturas mais altas.

Caso o cabelo seja exposto a esse calor intenso com grande frequência ele pode acabar sendo danificado. Por isso, se você optar por ter uma dessas em casa lembre-se que a chapinha profissional não deve ser utilizada sempre, apenas em ocasiões no qual é necessário ter um cabelo mais arrumado.

Rodrigo CintraCabeleireiro

"O grande truque na hora de passar a chapinha é no momento de fechá-la já percorrer com ela no cabelo."

Quanto custa uma chapinha profissional?

A chapinha profissional é um produto que possui um valor mais alto do que as versões domésticas. Isso porque ela conta com recursos e tecnologias que são mais diferenciados.

Dessa forma, é possível encontrá-la para comprar com valores que começam em R$100 e podem chegar a R$1.400, em média.

Onde comprar uma chapinha profissional?

A chapinha profissional não é um item difícil de ser adquirido e principalmente na internet existem diversas lojas que a comercializam. Além disso, em locais que vendem produtos para cabeleireiro também é possível comprar uma dessas.

Com isso, se você está buscando por uma chapinha profissional saiba que bons lugares para fazer essa compra são a Ikesaki, Amazon e Americanas.

Na foto uma chapinha em cima de uma revista feminina.

Em diversas lojas é possível encontrar os mais variados modelos de chapinha profissional para comprar. (Fonte: Shari Sirotnak/ Unsplash)

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de chapinha profissional

A chapinha profissional é encontrada em diversas versões, o que é muito positivo. Porém, em meio a tantas opções, escolher a ideal não é fácil. Para isso devem ser analisados diversos fatores e elencamos cada um deles abaixo para que você faça a melhor compra.

A seguir vamos te explicar cada um desses critérios.

Temperatura

A temperatura de uma chapinha é o que irá determinar a eficiência desse produto, por isso, esse fator é fundamental. Uma chapinha que não atinja temperaturas tão altas pode não conseguir alisar ou cachear os cabelos com perfeição, o que é algo indesejado por qualquer pessoa.

Dessa forma, é fundamental checar qual a temperatura máxima que o modelo escolhido atinge. No geral as chapinhas profissionais têm temperaturas máximas entre 230ºC e 250ºC, mas algumas opções trabalham com um pouco menos do que isso.

Além disso, vale a pena checar também se ela tem regulagem de temperatura. Esse recurso faz com que seja possível selecionar a quantos graus se deseja que a chapinha funcione a partir do tipo de cabelo.

Para cabelos mais finos as temperaturas mais altas são menos recomendadas, enquanto que para os mais grossos elas são melhores.

Na foto uma pessoa passando uma chapinha em uma mecha de cabelo.

Quanto mais alta for a temperatura que a chapinha atinge, mais eficiente ela será. (Fonte: parilovv/ 123RF)

Tempo de aquecimento

A expressão “Tempo é dinheiro” faz toda a diferença no dia a dia dos profissionais. Logo, o tempo de aquecimento da chapinha profissional é muito importante.

Por mais que esse seja um fator que muitas pessoas não levem tanto em consideração, ele faz uma certa diferença, por isso deve ser analisado.

Existem modelos que atingem o seu máximo aquecimento em alguns segundos, enquanto que outras opções passam de um minuto. Com isso, busque por uma chapinha que seja rápida nesse quesito.

Largura da prancha

Qualquer pessoa que já buscou uma chapinha para comprar notou que existem modelos com diferentes larguras. Essa variação faz toda a diferença no efeito que esse produto irá gerar nos fios e também na sua agilidade em pranchá-los.

As chapinhas mais finas são as menos eficientes no quesito agilidade. Isso porque elas conseguem pegar apenas uma mecha pequena de cabelo. Essa versão também não é boa para criar ondas e na verdade cria cachos bem fechados. Além disso, essa opção é mais indicada para cabelos curtos.

Os modelos de largura média são os mais versáteis. Com eles é possível criar cachos ou ondulações e eles também são capazes de pranchar mechas maiores. Essa opção serve para cabelos curtos, médios e longos.

Já a chapinha profissional com prancha larga é a melhor opção para fios longos. Com ela é possível alisar mechas mais grossas e criar ondulações. Porém, esse modelo não serve para cabelos curtos.

Na foto uma mulher fazendo chapinha.

Cada largura de chapinha é ideal para um tipo de cabelo e pode criar efeitos diferenciados. (Fonte: Vadim Guzhva/ 123RF)

Comprimento do cabo

Pensando no dia a dia de uso de uma chapinha profissional é importante checar quantos metros tem o cabo do modelo que está pensando em adquirir.

Quem tem tomadas próximas a estação de trabalho não precisa muito se preocupar com esse detalhe. Já quem irá usar a chapinha em locais onde a tomada fica um pouco mais afastada deve se atentar a isso.

Porém, lembre-se que fios muito longos podem atrapalhar caso não sejam necessários. Então escolha acertadamente.

Voltagem

Nem todas as marcas que desenvolvem chapinhas profissionais criam esse produto bivolt. Por isso, não é difícil de encontrar opções em apenas uma voltagem e escolher corretamente é fundamental.

Os modelos bivolt são os mais vantajosos. Isso porque caso seja preciso usar a chapinha em locais com voltagens diferentes não haverá problema algum. Mas, se o modelo que você deseja adquirir só existir em uma voltagem lembre-se de selecionar a correta na hora da compra.

(Fonte da imagem destacada: Shari Sirotnak/ Unsplash)

Por que você pode confiar em mim?

Danielle Assis Jornalista
Dedica-se a produzir conteúdos interessantes e informativos. Apaixonada por viagens, moda, animais e adora dar presentes. A curiosidade é uma de suas características mais marcantes e está sempre em busca de produtos que tornam o dia a dia das pessoas mais prático e interessante.