Imagem de cápsulas em gel sobre superfície amarela
Ultima atualização: 21 de maio de 2021

Como escolhemos

8Produtos analisados

32Horas investidas

6Estudos avaliados

85Comentários coletados

Colágeno é uma proteína produzida naturalmente pelo corpo com o objetivo de dar firmeza para a pele. Acontece que com o passar dos anos sua produção vai caindo, e quanto mais velha a pessoa fica, menos dessa proteína produz. É aí que entra a necessidade de suplementação. Por isso preparamos um guia sobre o colágeno em cápsula.

Fique conosco até o fim para tirar todas as suas dúvidas sobre essa forma de suplementação!




O mais importante

  • Existem diferentes formas de suplementação de colágeno. A cápsula é uma das formas mais práticas de ingerir a proteína.
  • É preciso conferir a quantidade de proteína em cada cápsula para calcular quantas devem ser tomadas por dia.
  • O colágeno em cápsula é uma das formas mais leves de suplementação, portanto não há contraindicação.

Colágeno em cápsula: nossa recomendação dos melhores produtos

As cápsulas são fáceis de ser ingeridas e transportadas. É uma forma de suplementação de colágeno prática. Selecionamos diferentes tipos de colágeno em cápsula para você conferir qual o melhor para sua necessidade:

Guia de compra: tudo o que você precisa saber sobre colágeno em cápsula

O colágeno em cápsula, quando ingerido diariamente, atua na melhoria da elasticidade da pele. Essa suplementação retarda o envelhecimento e surgimento das rugas. Quer aprender tudo sobre essa forma de colágeno? Então fique conosco para tirar todas as suas dúvidas.

Imagem em close de uma mão segurando frasco com cápsulas

Colágeno em cápsula deve começar a ser ingerido por volta dos 30 anos. (Fonte: Polina Tankilevitch/ Pexels.com)

Quais os benefícios do colágeno em cápsula?

O colágeno é a proteína responsável por oferecer sustentação e fortalecimento para a pele, articulações e músculos. Por esse motivo, a suplementação dessa proteína resulta nesses benefícios, mesmo quando a produção natural de colágeno do organismo começa a cair, por volta dos 25 anos.

De forma geral, o colágeno atua no fortalecimento dos cabelos e unhas, melhora a firmeza da pele, previne rugas e o envelhecimento precoce, acelera a cicatrização de feridas e fortifica os ossos.

Falando da cápsula, especificamente, essa forma de suplemento é a mais prática de todas. Basta ingerir, sem necessidade de medir ou dissolver, como o pó. Porém, vale destacar que a cápsula é uma versão menos concentrada, com menos proteína por porção. Sendo assim, é a suplementação perfeita para prevenção.

Vantagens
  • Previne queda de cabelo e quebra de unhas
  • Fortalece a elasticidade da pele, retardando surgimento de rugas e envelhecimento
  • Fortifica os ossos, prevenindo osteoporose
  • Acelera cicatrização de feridas
Desvantagens
  • Menos concentrado que outras formas de suplementação

Como o colágeno em cápsula funciona?

O colágeno é produzido pelos fibroblastos. Para manter a produção, eles precisam de alguns aminoácidos. E é aí que entra a ação dos suplementos, eles fornecem esses aminoácidos, como prolina, hidroxiprolina e glicina.

Quando o colágeno em cápsula hidrolisado é consumido, um processo chamado hidrólise fragmenta essa proteína, deixando-a em pequenas partículas para melhor digestão e absorção do organismo. Dessa forma, o corpo consegue aproveitar o colágeno de forma mais efetiva, resultando em todos os benefícios já mencionados.

Você sabia? A produção de colágeno começa a cair por volta dos 25 anos. Aos 30, acredita-se que essa redução seja de 1% ao ano. Já após os 50 anos, essa produção deve ficar apenas em torno de 40% do total.

Quando devo começar a tomar colágeno em cápsula?

Estudos mostram que a queda na produção de colágeno se inicia por volta dos 25 anos. Porém, nessa fase, ainda é possível obter a quantidade ideal através de uma alimentação equilibrada, rica em carne bovina, peixe e frutas e legumes de cor vermelha.

Quando o objetivo é prevenção, a suplementação do colágeno em cápsula pode ser iniciada aos 30 anos de idade.

Essa forma de tomar a proteína é especialmente indicada para quem não tem objetivos tão específicos. Quando o paciente precisa que o colágeno aja em determinada função, outras formas de suplementação são mais indicadas, e para isso é preciso acompanhamento médico.

Portanto, se você possui entre 30 e 40 anos, talvez seja hora de começar a investir na suplementação de colágeno em cápsula. Especialmente quando você faz parte do grupo que faz uso de cigarro ou tem muita exposição solar, já que esses fatores aceleram a queda na produção de colágeno.

Quantas cápsulas de colágeno devem ser ingeridas por dia?

A pessoa mais indicada para te fornecer a quantidade ideal de colágeno a ser ingerida por dia é um médico ou nutricionista. Embora a quantidade sugerida pela maioria dos estudos seja de 10 gramas, isso pode variar de acordo com a sua alimentação.

Uma pessoa com baixa ingestão de alimentos ricos nessa proteína pode precisar de doses mais altas. O contrário também pode acontecer, dependendo sempre do objetivo.

Ainda, o número de cápsulas a serem ingeridas pode mudar de acordo com a marca do colágeno. Isso porque a quantidade de proteína dentro de uma porção pode variar. Enquanto um fabricante indica a ingestão de duas cápsulas ao dia, com outro você pode precisar de quatro cápsulas, por exemplo.

Mulher em foco ingerindo uma cápsula

A maioria dos estudos indica 10 gramas de colágeno por dia. (Fonte: Elsa Olofsson/ Unsplash.com)

Critérios de compra: O que levar em conta ao comparar diferentes tipos de colágeno em cápsula

Quer agir de forma preventiva contra o envelhecimento da pele? O colágeno em cápsula é uma maneira de repor a produção da proteína que começa a cair naturalmente por volta dos 30 anos. Antes de você escolher a melhor para você, confira essas dicas finais:

Quantidade de proteína

A quantidade de proteína de colágeno dentro de uma cápsula pode variar de acordo com o fabricante. Procure por essa especificação. Isso altera a concentração e também a eficácia do suplemento.

De qualquer forma, é bastante comum que em cápsulas a concentração de proteína seja entre 2 e 2,5 g. Esse critério resulta na quantidade de cápsulas a serem ingeridas por dia.

Quantidade de cápsulas

Alguns frascos possuem 60 cápsulas. Outros vêm com 100 ou 120. Isso é importante para calcular o custo-benefício da oferta. Além de ver quantas cápsulas o frasco possui, é importante perceber a recomendação de ingestão do fabricante.

Se você compra um frasco com 60 cápsulas que a ingestão indicada é de uma por dia, pode ser mais interessante do que um frasco com 100 que pode indicar duas cápsulas diariamente.

Calcule quantos dias o colágeno vai durar, e por fim, avalie as ofertas em kit. Muitas vezes um combo com dois ou três frascos acaba compensando mais do que se comprados isoladamente.

Hidrolisado e Verisol

O colágeno hidrolisado - que passa por um processo chamado hidrólise, que se trata da quebra das moléculas em pequenos fragmentos - é absorvido pelo organismo com mais facilidade. Portanto, essa é a melhor opção para fins estéticos.

Ainda, sua versão Verisol, com peptídeos bioativos, é ainda mais indicada para a pele, agindo de dentro para fora.

Esse colágeno atua diretamente impedindo a oxidação dos radicais livres na pele. Consequentemente aumenta sua hidratação e elasticidade. Ainda, traz mais brilho e força para os cabelos e também acelera o crescimento das unhas, evitando que quebrem.

Mulher com pele lisa sorrindo

A versão Verisol é desenvolvido exclusivamente para pele, dando melhores resultados estéticos. (Fonte: Park Street/ Unsplash.com)

Outros componentes

Conciliar o colágeno com outros componentes é uma forma de potencializar seus efeitos. Conheça vitaminas e minerais mais interessantes para serem consumidos juntos essa proteína:

Componente Benefício
Ácido hialurônico Reduz retenção de água na pele e auxilia na hidratação
Zinco Mineral que auxilia a produção de colágeno
Magnésio Mineral fundamental para a saúde dos ossos
Coenzima Q10 Antioxidante que retarda o envelhecimento por conta da idade e exposição solar
Vitamina C Antioxidante que facilita a absorção do colágeno

Resumo

O colágeno em cápsula é uma forma de suplementação dessa proteína que é produzida pelo organismo, mas que começa a cair por volta dos 30 anos. Quanto mais velha a pessoa, menos colágeno ela produz. Nesse sentido, a suplementação pode ser iniciada após essa idade. Converse com seu médico ou nutricionista para maiores esclarecimentos.

Prática, a cápsula atua tanto no campo estético - oferecendo firmeza para a pele - quanto na saúde - atuando na prevenção de certas doenças. Esperamos que esse guia tenha tirado todas as suas dúvidas a respeito do colágeno em cápsula. Se ajudou, compartilhe com alguém que também precise dessas informações.

(Fonte da imagem destacada: Michele Blackwell/ Unsplash.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas