Mulher deitada em posição fetal com cólica menstrual
Ultima atualização: 25 de junho de 2021

A cada ciclo a situação se repete. Todo mês a cólica chega sem pedir licença, causando bastante desconforto por um período que parece nunca terminar. Por alguns dias aquela dor persistente parece roubar a energia da mulher, influenciando no seu bem-estar e produtividade. Quer aprender como aliviar cólicas?

Seja bem-vinda. Selecionamos dicas e receitas para você mudar a sua relação com seu ciclo menstrual.




Primeiro, o mais importante

  • A cólica menstrual é causada por conta da contração uterina para eliminar o endométrio - parte interna do útero que cresce a cada ciclo. É a liberação de prostaglandina que provoca essa situação.
  • Uma das formas mais tradicionais de aliviar cólicas é a compressa com água quente. Ela relaxa a musculatura, amenizando a dor.
  • Uma alimentação balanceada pode ajudar no alívio das cólicas a cada mês. Alimentos antioxidantes ajudam a reduzir os processos inflamatórios do corpo. Conheça alguns deles nesse artigo.

Dicas e alimentos para aliviar as temidas cólicas menstruais

Não tem como fugir, é fisiológico. Mais de 30 milhões de brasileiras sofrem das temidas cólicas menstruais. Mas não se desespere, se você anda com muitas dores a cada ciclo, nós selecionamos as melhores dicas para te ajudar. Vem com a gente!

Imagem mostra jovem com cólica

Algumas mulheres sofrem de forma bem intensa. Fonte: Polina Zimmerman / Pexels.com

O que é a cólica e por que ela acontece?

A cólica menstrual é uma dor pélvica que atinge mais de 30 milhões de mulheres no Brasil. Ela é causada por conta da contração uterina para eliminar o endométrio - parte interna do útero que cresce a cada ciclo para nutrir o embrião. Quando não há fecundação de óvulo, o corpo libera prostaglandina, que provoca toda essa situação no organismo feminino.

Algumas mulheres sentem mais dores do que outras, já que as suas contrações uterinas são mais intensas. Nesse caso, as cólicas podem atrapalhar a vida da mulher, impedindo-a de realizar as atividades básicas do dia a dia por alguns dias do seu ciclo. Situações como essa devem ser tratadas pelo ginecologista com auxílio de medicamentos.

Você sabia?

As cólicas menstruais são mais intensas cerca de dois ou três anos depois da primeira menstruação. Ao longo dos anos os sintomas vão ficando mais leves, especialmente depois da gestação e do parto.

Dicas simples para aliviar as cólicas

Algumas mulheres simplesmente desistiram dos métodos contraceptivos, seja por vontade de engravidar ou mesmo por uma questão de saúde e estilo de vida. Sabendo que o anticoncepcional é um dos tratamentos medicamentosos contra a cólica, essas mulheres buscam alternativas mais naturais para encarar esse período do ciclo.

Confira algumas dicas simples que podem funcionar no alívio das cólicas:

Água quente

A compressa de água quente na região do abdômen ajuda a musculatura local a relaxar, aliviando as dores provocadas pelas contrações uterinas que causam as cólicas. A técnica pode ser feita com uma bolsa térmica para cólica ou pano quente.

Além disso, um banho quente, deixando que a água caia sobre as costas também pode ajudar. Essa dica também ajuda mulheres em trabalho de parto no alívio das contrações, funciona bem no momento de crise.

Massagem

Massagear o abdômen em movimentos circulares também promove o alívio da cólica, especialmente depois de usar a bolsa de água quente, já que a musculatura está relaxada. Durante a massagem o desconforto pode ser maior, mas a tendência é que vá aliviando.

Com ajuda de um óleo corporal, toque com os dedos ao redor do umbigo no sentido horário para ativar a circulação sanguínea no local. Comece devagar e vá aumentando a intensidade do toque.

Reflexologia e acupuntura

De acordo com a medicina chinesa, existem pontos no corpo humano responsáveis pelo alívio de dores em alguns órgãos e regiões. A reflexologia usa a pressão do dedo nesses pontos, já na acupuntura o ponto é estimulado com uma agulha bem fina.

Um deles é o SP6 - também chamado de San Yin Jiao -, que fica na parte interna da perna, quatro dedos acima do osso do tornozelo.

Homem pressionando pé de paciente em maca

Em caso de dúvida, procure um profissional da área. (Fonte: perig76 / 123rf.com)

Alimentação como aliada no alívio das cólicas

Como dizem os antigos, a medicina está nos alimentos. Sabia que uma alimentação balanceada pode ajudar no alívio das cólicas a cada mês? Claro que não adianta fazer uso dos alimentos apenas no período de cólicas, e sim seguir uma boa dieta rica em alimentos antioxidantes.

Eles ajudam a reduzir os processos inflamatórios do corpo. Conheça alguns deles:

Alimento Benefício
Frutas vermelhas Ricas em flavonoides, antioxidantes que diminuem os processos inflamatórios
Oleaginosas Ricas em vitaminas B e magnésio, promovem relaxamento muscular
Peixes Especialmente o salmão, rico em ómega 3 que ajuda a reduzir as contrações do útero

Mas atenção, também é importante reduzir a ingestão de açúcares, alimentos gordurosos e cafeína.

Melhores chás para aliviar as cólicas

Por fim, os chás também são grandes aliados na batalha contra as cólicas. Alguns têm poder analgésico, anti-inflamatório e reduzem as contrações (antiespasmódico), sendo um remédio natural no momento de dor.

  • Alfavaca - antiespasmódico
  • Canela - anti-inflamatória e antiespasmódica
  • Gengibre com camomila - anti-inflamatório
  • Orégano - anti-inflamatório
  • Calêndula - antioxidante

Resumo

A cólica é uma dor pélvica natural do ciclo menstrual. Ela acontece por conta da contração uterina que provoca a descamação da camada interna do útero a cada mês quando não há fecundação do óvulo.

Algumas mulheres sentem mais dores do que outras, mas é possível viver uma vida mais leve e feliz, reduzindo ou eliminando as temidas cólicas. Esperamos ter te ajudado ao longo desse guia. Agora nos conte, o que você faz para aliviar as cólicas a cada ciclo?

(Fonte da imagem destacada: Sora Shimazaki / Pexels.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas