Ultima atualização: 23 de abril de 2020

Como escolhemos

9Produtos analisados

17Horas investidas

5Estudos avaliados

53Comentários coletados

Para quem é adepto a uma rotina de skincare, contar com um bom creme anti-idade é algo essencial para complementar os cuidados com a pele. Hoje, a Guia de Bem Estar separou para você algumas das melhores opções do mercado.

Seja para prevenir os danos causados pela poluição e envelhecimento celular ou para minimizar marcas e linhas de expressão, eles são os queridinhos de homens e mulheres de todas as idades. Então, confira nossa análise completa.

Primeiro, o mais importante

  • Antes de iniciar o uso de um creme anti-idade, verifique os componentes e as possíveis indicações de cuidados fornecidas pelo fabricante.
  • Muitos cremes anti-idade são fotossensíveis. Então, combinar o uso do produto a um protetor solar é fundamental para garantir a segurança de sua pele.
  • Caso note algum tipo de irritação ou alergia, suspenda o uso do creme imediatamente e procure um dermatologista.

Os melhores cremes anti-idade: Os favoritos da redação

Os cuidados com a pele estão cada vez mais em alta, principalmente depois da verdadeira febre da chamada K-beauty — a rotina de cuidados de beleza coreana. Por isso, o interesse por cremes que também possuam ação anti-idade tem se tornado cada vez maior. E para auxiliar você, selecionamos algumas das melhores opções do mercado.

O creme anti-idade ideal para peles maduras

Desenvolvido pela tradicional marca La Roche-Posay, o Hyalu B-5 possui ação tripla: preenche rugas, melhora a flacidez e auxilia na hidratação da pele. Para melhorar, a textura hidratante e não oleosa garante muito mais conforto na hora de aplicar o produto.

Para quem quer melhorar a firmeza da pele

Produzido pela Lancôme, o Rénergie Multi-Lift promete um efeito lifting após o uso contínuo, auxiliando a melhorar os contornos do rosto, combatendo rugas e suavizando linhas finas.

Uma opção econômica e eficiente

A L’oréal é uma verdadeira pioneira no mercado de cosméticos e os cremes da linha Revitalift são conhecidos por combinarem preços e eficiência. Indicado para pessoas com mais de 40 anos, ele restaura a pele dos danos do dia enquanto você descansa.

Guia de compra

Os cuidados com a pele estão cada vez mais na moda, principalmente desde que a rotina de skincare coreana se popularizou na internet e fez com que muitas pessoas passassem a adotar uma rotina mais intensa para melhorar sua preservação.

Por isso, o interesse por produtos anti-idade também cresceu consideravelmente. Com diferentes texturas e fragrâncias, o uso desses cremes aumentou consideravelmente entre os brasileiros. E para ajudar você a se cuidar melhor, preparamos um guia completo, com mais informações e detalhes. Confira.

Imagem de mulher aplicando creme anti-idade

Para minimizar rugas e linhas de expressão, é importante utilizar cremes anti-idade regularmente. (Fonte: Rido/ 123rf.com)

Como funciona o creme anti-idade?

De forma geral, cremes anti-idade funcionam promovendo a renovação celular, seja estimulando a aceleração do ciclo de vida das células de nossa pele, melhorando a síntese de compostos ou até mesmo melhorando manchas.

Boa parte dos efeitos é obtida através da ação de ácidos, que auxiliam a pele a sintetizar de forma mais eficiente compostos como o colágeno e a elastina ou a tornar mais ágil o ciclo da pele.

Porém, vale mencionar que apesar de eficientes, os cremes anti-idade podem auxiliar você a melhorar a aparência da pele até certo ponto, e em alguns casos, pode ser necessária a realização de procedimentos específicos para alcançar certos resultados.

Quais as vantagens e desvantagens do creme anti-idade?

O creme anti-idade pode ser facilmente inserido na rotina de cuidados com a pele como um dos últimos itens, após a limpeza e a hidratação.

Por ter uma textura cremosa, promovem a sensação de conforto na pele, principalmente se você sofrer com a tendência ao ressecamento; algo comum em regiões mais secas ou durante o inverno.

Além disso, utilizar um creme anti-idade antes de aplicar a maquiagem pode auxiliar na durabilidade e eficiência da mesma, já que a pele estará mais lisa e hidratada.

Porém, é importante destacar que por conta dos princípios ativos, um creme anti-idade tende a custar mais caro que um hidratante comum, já que promovem resultados a longo prazo.

Outro ponto importante é que muitos cremes anti-idade exigem o uso em conjunto com um protetor solar, já que podem ser fotossensíveis e causarem manchas caso não haja a proteção.

Vantagens
  • São fáceis de usar
  • Melhoram a hidratação da pele
  • Promovem sensação de conforto
  • Podem auxiliar no desempenho de maquiagens
  • Podem ser utilizados em conjunto com outros produtos
Desvantagens
  • A maioria exige o uso de protetor solar em conjunto
  • São mais caros que cremes hidratantes

Vale a pena investir em cremes anti-idade naturais?

Depende. Para que seja eficiente, é preciso que o creme anti-idade conte com produtos seguros, tenha uma fórmula bem estabilizada e possua conservantes eficientes, para que não coloque em risco a sua saúde durante a aplicação.

Os cremes naturais e caseiros não contam com tantas pesquisas para garantir a sua segurança durante o uso; além de ser muito mais difícil ter o controle sobre a proporção dos ingredientes utilizados em casa.

Mesmo quando se trata de produtos naturais e industrializados, eles tendem a ter um prazo de validade muito menor que outras opções. Então, fique sempre atento a qualquer alteração em cheiro e textura do creme e interrompa o uso caso observe mudanças.

Então, mesmo se optar por cremes naturais, busque marcas confiáveis, que realizam pesquisas e possuem certificação da Anvisa. Assim, você garante a sua segurança durante o uso.

foco

Você sabia que os retinóides — um derivado da vitamina A — são considerados a família de anti-idade mais eficiente do mundo?

Quais os cuidados eu devo ter para que o creme anti-idade funcione melhor?

Existem alguns cuidados que podem fazer toda a diferença para o desempenho e eficiência do seu creme anti-idade.

O primeiro deles é utilizar o creme após limpar e tonificar a pele com produtos adequados a sua rotina. Assim, você garante que o produto terá melhores condições de ser absorvido, sem que haja a interferência da poluição ou restos de maquiagem.

Outro cuidado é sempre atentar para a textura dos produtos utilizados em sua rotina. De forma geral, a aplicação deve ocorrer sempre do produto mais fluido para o mais denso.

Por isso, cremes mais leves devem ser aplicados primeiro, finalizando com cremes mais densos ou óleos, para garantir que todos atuem apropriadamente.

Vale também esperar alguns minutos entre a aplicação dos produtos, para que haja tempo para a pele absorva-os plenamente.

Em conjunto com o creme anti-idade, principalmente quando estiver utilizando compostos com vitamina A, é importante combinar o seu creme anti-idade com um hidratante e protetor solar, para evitar danos excessivos a pele.

Com qual idade eu posso começar a utilizar o creme anti-idade?

Diferente do que muitos imaginam, os cremes anti-idade não devem ser inseridos na sua rotina de cuidados apenas após os 35 ou 40 anos.

O ideal é que você comece a proteger a pele antes que os danos sejam feitos, portanto, opções com antioxidantes podem ser introduzidos já na faixa dos 20 anos, para minimizar a ação dos radicais livres, que causam o envelhecimento da pele.

Porém, vale destacar que cada faixa etária requer cuidados específicos para a prevenção dos efeitos do envelhecimento, conforme destacaremos a seguir:

  • Até os 20 anos: Rotina básica, com cuidados de proteção solar, limpeza e hidratação.
  • Dos 20 aos 30 anos: Além da rotina básica, é recomendada a introdução da Vitamina C, pois tem ação preventiva.
  • A partir dos 30: É indicado combinar cremes antioxidantes e fatores de tratamento, como a Vitamina A, que promove a renovação celular.

Critérios de compra: O que considerar antes de comprar um creme anti-idade

Com tantas opções de cremes anti-idade no mercado, é compreensível que você se sinta um pouco perdido no momento de selecionar uma nova opção para a sua rotina de cuidados.

Por isso, para auxiliar você a escolher a opção ideal às suas necessidades, selecionamos alguns critérios essenciais para você analisar antes da compra. Confira abaixo.

Fórmula

A maioria dos cremes anti-idade é produzida com compostos derivados da vitamina A, B3 e C.

A vitamina A possui como derivado mais potente a tretinoína ou retinol, que é um ácido que promove uma intensa renovação celular, sendo eficiente na redução de manchas de envelhecimento e linhas de expressão.

A vitamina B3, ou niacinamida, possui ação comprovada como hidratante e firmador em peles mais jovens, além de auxiliar no clareamento de manchas, mostrando-se eficiente até em peles sensíveis.

Já a vitamina C possui ação antioxidante, portanto, previne o envelhecimento antes que este ocorra. Pode ser considerado como o primeiro passo para quem deseja começar a utilizar um creme anti-idade.

Imagem de creme anti-idade ao lado de vela em formato de flor

É possível encontrar cremes anti-idade com diversos princípios ativos. (Fonte: saponifier/ Pixabay.com)

Fragrância

As fragrâncias tornam o uso do creme muito mais agradável.

Fator essencial para o conforto, as fragrâncias tornam a experiência do uso do creme muito mais agradável. Porém, é preciso tomar alguns cuidados.

Existem pessoas com maior sensibilidade a aromas, que podem se sentirem desconfortáveis ao utilizar um creme anti-idade com uma forte fragrância.

Além disso, alguns compostos utilizados para aromatizar cremes podem causar alergias, principalmente quando aplicados ao redor de mucosas, como ao redor dos olhos e boca.

Por isso, é fundamental que caso sinta qualquer desconforto ou sinal de irritação na pele após o uso do seu creme anti-idade, suspenda o uso imediatamente e procure um dermatologista.

Textura

Com o avanço da tecnologia dos cosméticos, observa-se que a textura dos cremes anti-idade passou a ser um fator cada vez mais importante no momento da escolha de um novo produto.

Se antes eles costumavam ter uma textura gordurosa e pesada, hoje são muito mais suaves e agradáveis, sendo absorvidos facilmente pela pele.

E se você possui a pele oleosa, é possível encontrar opções de cremes com textura aquosa ou tipo gel, que são perfeitos para os dias mais quentes ou para gerar uma sensação de refrescância durante o uso.

Imagem de um creme anti-idade branco sob um prato. Ao lado do prato está uma fatia de limão e folhas

Atualmente, é possível encontrar cremes anti-idade de diferentes texturas, para que você tenha muito mais conforto durante o uso. (Fonte: xbqs42/ Pixabay.com)

Apresentação e embalagem

Apesar da apresentação mais comum dos cremes anti-idade ser feita em potes, percebe-se que é cada vez mais comum encontrar cremes em bisnagas ou embalagens com válvula tipo pump.

Isto ocorre, pois apesar de serem mais bonitos, o risco de contaminação nos cremes em potes é muito maior quando comparado com opções em bisnagas ou embalagens lacradas.

Por isso, muitos fabricantes indicam que antes de manipular cremes em potes, é preciso lavar muito bem as mãos ou utilizar uma ferramenta limpa para retirar o produto, evitando a contaminação.

(Fonte da imagem destacada: Saponifier/ Pixabay.com)

Por que você pode confiar em mim?

Redatora e psicóloga, é uma entusiasta de gadgets, jogos e utilidades. Adora escrever e experimentar inovações que podem tornar a vida mais prática.