Bancada com salmão, abacate e oleaginosas, alimentos permitidos na dieta cetogênica
Ultima atualização: 19 de abril de 2021

Muitas novas dietas que se tornam populares de tempos em tempos. É por isso que nem sempre dá para saber mais sobre cada uma delas e, muito menos, sobre os seus benefícios. Com a dieta cetogênica não é diferente!

Ela é utilizada no tratamento de diversas doenças crônicas e tem ganhado adeptos em busca de maior desempenho físico e perda de peso. Neste artigo, vamos contar tudo o que sabemos sobre essa dieta e te ajudar a descobrir se ela é indicada para você. Siga com a gente!




Primeiro, o mais importante

  • A dieta cetogênica nasceu com o objetivo fundamental de amenizar as crises de epilepsia. Atualmente, é difundida com um recurso poderoso de emagrecimento.
  • A cetose natural é um mecanismo em que o organismo usa a reserva de gordura para produzir a própria energia. Este processo leva a perda de peso.
  • As gorduras presentes nos peixes e frutos do mar são as mais indicadas para o sucesso da dieta cetogênica.

Informações essenciais sobre a dieta cetogênica

A gordura é geralmente considerada um inimigo da boa saúde, especialmente se consumida em excesso. Mas, dependendo da situação, ela pode ser sinônimo de alívio para muitas doenças.

Nesta seção, vamos trazer informações essenciais para quem quer ou precisa adotar a dieta cetogênica. Quer entender mais sobre isso? Confira as próximas linhas.

prato com frango assado, um dos alimentos permitidos na dieta cetogênica

Carnes como o frango, preparados com azeite de oliva e ervas, podem incrementar o cardápio da dieta cetogênica. (Fonte: Harry Dona/ Pexels)

O que é a dieta cetogênica?

A dieta cetogênica é um protocolo alimentar adotado desde a década de 1920 no tratamento da epilepsia. Baseada prioritariamente no consumo de gordura, o cardápio cetogênico renuncia o carboidrato e propõe a ingestão moderada de proteínas.

De maneira geral, a alimentação diária é composta por cerca de 60 a 70% de gordura, 15 a 20% de proteínas e apenas ou menos de 10% em carboidratos. Por isso, é considerada uma dieta altamente restritiva.

Quais os tipos de dieta cetogênica?

Existem diversos tipos de dieta cetogênica. Eles se distinguem, via de regra, pela quantidade de gordura consumida e pela finalidade do tratamento, como mostramos no quadro abaixo:

Tipo de dieta Finalidade Gordura (VET) Proteínas (VET) Carboidratos (VET)
Clássica Manutenção do peso Até 75% Entre 20% e 25% Cerca de 3%
Terapêutica Tratamento de doenças crônicas, como epilepsia 85% a 90% 10 a 13% Próximo a zero
Cíclica Melhora da força e do desempenho físico 14 dias com 75% e 2 dias com baixa ingestão 14 dias com 20% e dois dias com alta ingestão níveis reduzidos durante todo o ciclo
Focada Recuperação muscular e resistência para treinos intensos Até 65% Entre 20% e 30% Consumo de 20 gramas diárias, antes dos treinos
Proteica Manutenção da massa muscular Entre 50% e 60% Cerca de 35% Até 10%

*VTE = valor energético total ao longo do dia

A dieta cetogênica emagrece?

Apesar de ter se originado com objetivo terapêutico, é para regimes de emagrecimento que a dieta cetogênica vem sendo mais difundida. De acordo com um estudo português, esta prática alimentar estimula a cetose natural (1).

A cetose acelera a perda de peso.

Este processo consiste em estimular o organismo a produzir a própria energia. Para tanto, a ingestão de gordura é controlada para que o corpo se obrigue a consumir parte da reserva de gordura que possui.

Com isso, o processo de emagrecimento costuma ser sustentável no médio e longo prazo (2). Já a dieta não deve se manter por longos períodos, pois pode trazer efeitos colaterais, como fraqueza, perda muscular, queda do rendimento físico, prisão de ventre e desconforto abdominal.

prato com peixe cozido, uma das principais receitas da dieta cetogênica

As gorduras presentes nos peixes e frutos do mar são as mais indicadas para o sucesso da dieta cetogênica. (Fonte: Krisztina Papp/ Pexels)

Quais os alimentos permitidos e proibidos na dieta cetogênica?

Existe uma infinidade de recomendações sobre os alimentos que podem ou não ser consumidos na dieta cetogênica. No entanto, vamos destacar os principais deles, com comprovação científica (3):

Alimentos permitidos Alimentos proibidos
Carne bovina, suína, aves e peixes
Ovos e queijos
Azeite de oliva e óleo de coco
Vegetais sem amido, como folhas verdes
Grãos (arroz, trigo, aveia, massa, cereais, pizza)
Legumes em geral, especialmente os ricos em amido, como a batata
Frutas com alto teor de carboidratos
Frutas secas
Laticínios com baixo teor de gordura
Gorduras e óleos refinados ou óleo vegetal
Açúcar e álcool

Quais as vantagens e desvantagens da dieta cetogênica?

Até aqui, mostramos como funciona a dieta cetogênica, para que ela serve e como pode ser eficiente em diversas aplicações. No entanto, antes de iniciar uma dieta tão rigorosa, é importante conhecer os prós e contras (3, 4, 5) desta abordagem nutricional:

Vantagens
  • Perda de peso rápida
  • Maior saciedade ao longo do dia
  • Reduz os episódios de convulsões em pessoas com epilepsia
  • Pode desacelerar o desenvolvimento de tumores
  • É eficaz no combate à doenças neurológicas, como o Alzheimer e o Parkinson
Desvantagens
  • Fraqueza e tontura
  • Estado depressivo
  • Dores de cabeça
  • Mau hálito
  • Sobrecarga no fígado e vesícula
  • Perda muscular
  • Problemas digestivos, como vômitos e diarreias de repetição
  • Efeito rebote com retomada de peso

Existe contraindicação para a dieta cetogênica?

A dieta cetogênica, por suas características tão particulares, pode trazer mais malefícios do que benefícios para determinadas pessoas. Portanto, abandone a ideia de adotar esse cardápio se você estiver em algum desses grupos:

  • Portadores de insuficiência hepática, cardíaca e renal;
  • Gestantes e lactantes;
  • Crianças e adolescentes em fase de crescimento;
  • Idosos;
  • Pessoas com doenças cardiovasculares;
  • Diabéticos;
  • Pessoas com distúrbios alimentares ou psicológicos;
  • Doentes com câncer em tratamento.

Mesmo que você não tenha nenhuma destas condições, o ideal é consultar um médico ou nutricionista antes de iniciar a dieta cetogênica. Este profissional poderá supervisionar sua evolução e tratar eventuais reações adversas.

Quer saber mais sobre a dieta cetogênica? Selecionamos alguns livros que vão esclarecer todas as suas dúvidas:

Resumo

Mais do que uma nova moda, a dieta cetogênica pode ser um apoio no tratamento e prevenção de doenças crônicas e no combate à obesidade. No entanto, é preciso conhecer a fundo todas as mudanças que envolvem este novo cardápio.

Por esta razão trouxemos informações sobre a eficácia e as principais aplicações e tipo de dieta cetogênica, com uma lista dos alimentos que podem ser consumidos e dicas de como se informar ainda mais a respeito.

Se este artigo foi útil para você, aproveite para compartilhar com outras pessoas. Ficamos muito agradecidos pela sua parceria! Até breve!

(Fonte da imagem destacada: Oleksandra Naumenko/ 123rf.com)

Referências (5)

1. Dieta cetogénica no tratamento da obesidade. Cristina Maria de Sousa Vaquero da Silva Freitas. Universidade do Porto, Porto. 2017.
Fonte

2. Dieta cetogênica para o emagrecimento: uma revisão da literatura. Laís Polyane Assis Gomes. Universidade Federal de Pernambuco. 2016
Fonte

3. Benefícios da dieta cetogênica no tratamento de doenças crônicas. Eduardo Cardoso de Moura, UFRJ. Rio de Janeiro. 2019.
Fonte

4. Eficácia da Dieta Cetogênica no Tratamento da Epilepsia Refratária em Crianças e em Adolescentes. Ana Maria Figueiredo Ramos. Revista de Neurociências. 2001.
Fonte

5. Dieta cetogênica deve ser realizada apenas com indicação médica para evitar riscos à saúde. Hospital Sírio-libanês. Site oficial. Acessado em abril de 2021.
Fonte

Por que você pode confiar em mim?

Artigo científico
Dieta cetogénica no tratamento da obesidade. Cristina Maria de Sousa Vaquero da Silva Freitas. Universidade do Porto, Porto. 2017.
Ir para a fonte
Revisão sistemática
Dieta cetogênica para o emagrecimento: uma revisão da literatura. Laís Polyane Assis Gomes. Universidade Federal de Pernambuco. 2016
Ir para a fonte
Artigo informativo
Benefícios da dieta cetogênica no tratamento de doenças crônicas. Eduardo Cardoso de Moura, UFRJ. Rio de Janeiro. 2019.
Ir para a fonte
Artigo científico
Eficácia da Dieta Cetogênica no Tratamento da Epilepsia Refratária em Crianças e em Adolescentes. Ana Maria Figueiredo Ramos. Revista de Neurociências. 2001.
Ir para a fonte
Artigo informativo
Dieta cetogênica deve ser realizada apenas com indicação médica para evitar riscos à saúde. Hospital Sírio-libanês. Site oficial. Acessado em abril de 2021.
Ir para a fonte
Resenhas