Imagem de pai e filho fazendo atividades juntos
Ultima atualização: 5 de maio de 2021

Homeschooling é diferente de estudar online. O termo ficou famoso nos últimos tempos, mas será que realmente compreendemos seu significado? A prática tem benefícios, mas também suas desvantagens, que vêm sendo discutidas há anos.

Nesse artigo, reunimos as principais informações para você compreender melhor o termo e também entender como funciona. Venha tirar suas dúvidas conosco!




Primeiro, o mais importante

  • Homeschooling pode ser traduzido como ensino domiciliar. É uma prática bastante comum em algumas regiões dos Estados Unidos.
  • Não confunda homeschooling com estudo online. No método domiciliar, a criança não tem vínculo com a escola e os pais têm liberdade de escolher como conduzir sua educação.
  • No homeschooling, as aulas são ministradas pelos próprios pais ou professores particulares.

Aprenda tudo sobre homeschooling

Quer entender o que significa homeschooling? Esse termo vem do inglês e é uma prática muito comum no exterior. Nesse artigo reunimos as principais informações para tirar suas dúvidas a respeito do ensino doméstico.

Imagem mostra dois meninos sentados fazendo atividade em casa

Homeschooling é uma prática muito comum nos Estados Unidos.(Fonte: Jessica Lewis/ Unsplash.com)

Recomendações de alguns livros para aprofundar no conceito de homeschooling

Existem bons materiais que bom aprofundar seu conhecimento sobre homeschooling. Confira alguns livros que selecionamos para você:

Vamos começar entendendo o que é homeschooling

Homeschooling é uma palavra da língua inglesa que se refere ao ensino domiciliar. Ou seja, trata-se de uma prática educacional em que os pais têm liberdade de escolher o plano de ensino dos seus filhos.

Quem leciona as aulas, em casa, são os tutores das crianças ou professores particulares contratados para passar o conteúdo do currículo.

O surgimento da prática de homeschooling

Embora o termo possa soar novo, essa prática existe desde o início dos anos 70. Não há um marco zero de como começou a educação domiciliar, mas existe um consenso de que o movimento se iniciou por conta de John Holt, professor e escritor americano.

Na época, ele criticou o sistema escolar tradicional e defendeu a ideia de que a criança aprende melhor quando não é obrigada a ir a um local específico para o aprendizado, como a escola.

John Holtprofessor e escritor americano que defendeu o ensino em casa
"Não há diferença entre viver e aprender. É impossível, enganoso e prejudicial pensar neles como algo separado."

Homeschooling no Brasil e no mundo

O mundo ainda não chegou num consenso se a prática é mais benéfica que maléfica. Enquanto alguns países têm o homeschooling respaldado pela lei, outros condenam os pais que fazem o método de ensino domiciliar.

A prática é bastante comum nos Estados Unidos, e é legalizada também na Áustria, Canadá, Austrália, França, Nova Zelândia, entre outros países. Porém, homeschooling é considerado crime na Alemanha, por exemplo. 63 países do mundo não liberam o ensino domiciliar.

Um deles é o Brasil. A prática não é permitida por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). De qualquer modo, a liberação do homeschooling no país vêm sendo discutida por especialistas e esse cenário está se transformando aos poucos.

O governo estima que 30 mil famílias brasileiras têm interesse em adotar esse método de ensino.

Quais os benefícios do homeschooling?

Existe uma guerra de conceitos sobre o homeschooling. Queremos equilibrar alguns pontos positivos e negativos relatados por quem já pratica o método.

Como benefício, os pais gostam da liberdade de conduzir os estudos, porque se mostram insatisfeitos com o sistema de ensino do seu país, muitas vezes ultrapassado. O homeschooling não foca em avaliações e provas, dando tempo e respeitando o tempo de cada criança, sem pressão.

O homeschooling não foca em avaliações, respeitando o tempo de cada criança.

Quando o tutor ou professor ensina de maneira personalizada, o conteúdo é melhor aproveitado, já que não tem mais 20 crianças para ensinar ao mesmo tempo. Outro ponto levantado é que assim os filhos ficam livres de questões religiosas ou políticas abordadas nas escolas.

Sem falar na liberdade geográfica que oferece aos pais que viajam muito. No ensino domiciliar, a sala de aula pode ser em qualquer lugar, inclusive ao ar livre.

Por outro lado, a falta de socialização pode ser um ponto a se considerar. Daí cabe aos responsáveis oferecer outros ambientes para que a criança supra essas necessidades.

Vantagens
  • Estudo personalizado
  • Liberdade de escolher ideologias e filosofias
  • Ensino sem pressão, respeitando individualidade do ser
  • Atenção plena do tutor
  • Diferentes ambientes de aprendizagem
  • Liberdade geográfica
Desvantagens
  • Falta de socialização

Quem não defende o método geralmente levanta preocupações com a segregação, falta de qualidade do conteúdo ensinado e dificuldade em identificar abusos que aconteçam em casa.

Como fazer homeschooling?

Para colocar o homeschooling em prática é preciso primeiro decidir quem conduzirá as aulas, se os pais ou professores contratados, é possível mesclar também.

A partir daí, é preciso estabelecer um bom cronograma e organizar os horários de ensino. Defina um turno e horários fixos, tentando considerar em qual deles a criança está com maior atenção e terá maior aproveitamento.

Depois, encontrar um bom material é importante para conduzir o ensino domiciliar com sucesso. Outro ponto fundamental é que o tutor precisa aprender a aplicar esse material.

Embora a criança não precise de um lugar fixo, ter uma mesa para estudos pode ajudá-la a se concentrar quando estuda em casa.

O homeschooling possibilita tantas formas de aprendizado que pode ser bem interessante os pais investirem em materiais complementares, como kit de pintura, lápis de cor e brinquedos montessori.

Menino sentado escrevendo em um papel de atividades

Um bom material didático é o segredo para um homeschooling de sucesso. (Fonte: Annie Spratt/ Unsplash.com)

Resumo

Homeschooling é um termo do inglês que significa educação domiciliar. Em resumo, os tutores escolhem a forma como conduzirão o aprendizado dos filhos, sendo seus professores ou contratando profissionais particulares.

A prática é bastante comum nos Estados Unidos e outros países do exterior, de qualquer modo, 63 países não legalizaram o método, e o Brasil é um deles. Esperamos que esse guia tenha te ajudado a compreender melhor o significado de homeschooling!

(Fonte da imagem destacada: RODNAE Productions/ Pexels.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas