Menino com livro na frente do rosto
Ultima atualização: 1 de julho de 2021

Como escolhemos

23Produtos analisados

16Horas investidas

3Estudos avaliados

78Comentários coletados

Muito se fala sobre a importância da leitura na infância. É consenso entre pais e professores que estimular o hábito e o gosto pelos livros só traz benefícios. Mas, você sabe quais? Os livros infantis são capazes de fazer maravilhas em favor do desenvolvimento dos pequenos.

Além de te mostrar todas as vantagens, queremos te ensinar a escolher o livro infantil certo para seus filhos. Vem com a gente!




Primeiro, o mais importante

  • A leitura pode ser estimulada desde o primeiro mês de vida. Quanto antes o bebê tiver acesso aos livros, melhor será para o desenvolvimento do hábito. Para isso é preciso escolher livros infantis indicados para a idade da criança.
  • Os livros infantis possuem diferentes estilos e narrativas. Nos Critérios de Compra vamos abordar esses conceitos.
  • É possível encontrar livros infantis sonoros, pop-up, de pano, para banho, entre outras opções diferentes que atraem a atenção da criança.

Melhores livros infantis: os favoritos da redação

Os livros infantis representam um universo infinito de possibilidades. Há opções para todas as idades e momentos distintos. Compare as opções com excelentes avaliações que selecionamos para você:

Guia de compra: tudo o que você precisa saber sobre livros infantis

Nos primeiros anos de vida, os livros infantis ajudam na construção do vocabulário, melhorando a compreensão e a fala. Mais tarde, eles têm um papel fundamental para estimular a criatividade e melhorar a escrita.

Independentemente da idade, os livros infantis são grandes aliados no desenvolvimento da criança. Venha entender por que ao longo desse guia.

Imagem de menina pequena vendo livro na sala

Os livros são grandes aliados no desenvolvimento infantil. (Fonte: Stephen Andrews / Unsplash.com)

Qual a importância da leitura na infância?

A leitura traz benefícios em diversas fases da criança, do nascimento até chegar na adolescência.

Nos primeiros meses de vida, o livro é uma espécie de brinquedo para o bebê manipular, sentir e ter contato com eles desde cedo. Eles devem ser simples, mais sensoriais do que didáticos. Livros com imagens de animais, por exemplo, são ótimos para os pais explorarem alguns vocabulários. Isso amplia a compreensão e ajuda na construção da fala.

Conforme a criança cresce, os benefícios vão ficando ainda mais nítidos. Os livros ajudam a estimular a concentração e o foco, já que a criança precisa prestar atenção para poder entender os acontecimentos. Isso exige um esforço mental dela, melhorando até mesmo a capacidade de memória.

Por meio das histórias, os livros estimulam a criatividade e a imaginação. Diferente dos vídeos, que dão a imagem pronta, quando a criança apenas ouve uma história, ela precisa imaginar os personagens, cenários e toda a narrativa.

Ainda, o hábito de ler para os filhos estreita os laços entre os pais e as crianças, especialmente quando faz parte do ritual noturno. É uma forma de se conectar com seus filhos, criando memórias afetivas para toda a vida.

Poderia listar inúmeros benefícios ainda, confira mais alguns abaixo:

Vantagens
  • Melhora a escrita
  • Estimula vontade de aprender
  • Permite espaço para manifestação de sentimentos
  • Expande conhecimento para novas culturas e realidades
  • Amplia aquisição de valores
Desvantagens
  • Não há desvantagens em ler para uma criança

Como estimular o hábito de leitura desde cedo?

Antes de pensar em estimular o hábito em uma criança, reflita sobre você. A leitura está em dia? Porque o exemplo é um grande estímulo para os pequenos.

O exemplo é um grande estímulo para os pequenos.

Experimente ter um momento de leitura no seu dia em que a criança possa presenciar, deixe os livros dela ao alcance e veja o que pode acontecer. Especialmente se a criança não tem acesso a telas e não há outros estímulos disponíveis - como TV ou mesmo excesso de brinquedo - na casa, ela possivelmente começará a te copiar com o passar do tempo.

De qualquer forma, ter um momento de leitura entre vocês é muito importante para que ela goste da leitura, tendo em vista que a criança precisa dessa interação e diversão que o adulto pode proporcionar deixando a história mais lúdica e divertida.

Ainda, existem dicas que podem ajudar na construção desse hábito:

  1. Crie uma rotina de leitura. A criança adora previsibilidade. Experimente ler todos os dias depois do banho e antes de dormir, por exemplo. Logo o livro vai ser tão natural no dia quanto escovar os dentes.
  2. Faça desse um momento divertido. Ler o livro de forma monótona, em entonação vai ser uma experiência entediante. Estimule, crie suspense, faça perguntas, envolva seu filho na história.
  3. Respeite seus gostos e explore esse universo. Não adianta impor um livro que você ama e foi sucesso na sua infância. Talvez em outro momento tenha espaço para essa leitura. Mas para que a criança se apaixone pela literatura, leve os interesses dela em consideração. Dinossauro é o tema do momento? Use e abuse!
  4. Apresente os espaços onde os livros estão disponíveis. Que tal um passeio para conhecer a biblioteca ou mesmo o setor infantil de uma livraria? Permita que a criança possa ver diferentes títulos, e quanto possível, compre novos livros. Logo ela terá sua própria estante recheada deles.

Menino deitado de bruços no chão com um livro e uma estante nos fundos

Aos poucos, crie espaços para leitura no quarto e deixe os livros acessíveis. (Fonte: Pixabayl / Pexels.com)

Como deixar a leitura mais interessante?

Se você acha um desafio contar a história do livro de forma interessante, saiba que você não está sozinha. Esse é, na verdade, uma das maiores dificuldades dos pais, que travam a leitura por falta de criatividade.

Entonação, expressão facial, gestos, fantoches, brinquedos e objetos variados são grandes aliados dos livros infantis. Além disso, desligue as telas e todos os estímulos externos.

Agora confira essas dicas incríveis que vão deixar o momento de leitura entre você e seu filho super divertido:

Quais os diferentes tipos de livros infantis?

Dividimos os livros em tipos de acordo com algumas diferenças estéticas e interativas que podem ser bem atrativas e interessantes para crianças. Essa classificação não diz respeito ao gênero, estilo ou narrativa.

Veja as diferentes opções de livros infantis para seu filho ficar encantando e interagir com a história.

Tipo de livro infantil Destaque
Sonoro Reproduz sons da história, como o som de um animal ou ranger de uma porta, deixando a leitura mais dinâmica e real. Também existem livros que lêem as páginas
Pop-up Ao abrir a página, algum elemento da história é projetado em 3D para fora do livro, feito com dobradura de papel. Quando a página é fechada de novo, esse elemento se dobra e fecha dentro da página
Toque e sinta Esse tipo de livro permite que a criança explore texturas abordadas no livro. É comum em livros de animais, onde os fabricantes tentam reproduzir a sensação do toque neles, como pelo da ovelha, pé da galinha, focinho do cachorro, entre outros
Pano Maleáveis e flexíveis, o livro de pano não rasga, não machuca a criança e pode ter outros elementos mencionamos antes, como som e toque e sinta
Banho Feito de plástico, o livro de banho pode ser molhado. Ele é excelente para pais que possuem pouco tempo disponível para a criança, aproveitando do banho para fazer um momento divertido e estimular o gosto pela leitura mesmo no chuveiro

Critérios de compra: O que levar em conta ao comparar diferentes tipos de livros infantis

Convencida de oferecer os benefícios dos livros infantis para seus filhos? Antes de escolher um ou mais livros para as crianças, queremos auxiliar com algumas considerações finais. Veja os critérios de comprar que consideramos importantes:

Idade

A idade indicativa está geralmente no verso do livro infantil. Esse critério é fundamental para que a criança goste da história. Livros infantis demais podem deixar a história entediante. E quando o livro é para além da idade, pode causar medo ou confusão. Em caso de dúvida, converse com a professora do seu filho e peça dicas.

Ainda, atente-se na escolha para bebês, escolhendo livros de pano ou banho que possam ser amassados e levados na boca.

Narrativa

Livros possuem diferentes narrativas. Esse critério é importante para crianças maiores, que já se concentram e se prendem na história.

Vale a pena experimentar diferentes estilos, alternando narrativas para que seu filho desperte o gosto por diferentes estilos literários. Alguns exemplos são romance, conto, fábula, crônicas e lendas e mitos.

Temática

A temática é, na verdade, aquilo que faz a história. Alguns livros têm como tema trabalhar as emoções e valores, outros são feitos para ensinar as passagens bíblicas de forma lúdica.

Existem livros infantis que servem para estimular a higiene, ou ainda opções sem muito conteúdo didático, apenas com a intenção de entreter com as aventuras de dinossauros, por exemplo. Novamente, leve o gosto da criança em consideração, sem deixar de refletir aquilo que você deseja transmitir como aprendizado.

Duração

Esse critério é importante de se analisar considerando seu filho, e também a idade dele. Algumas crianças têm menor poder de concentração que outras, nesse caso, histórias menos densas, mais rápidas e objetivas são mais indicadas.

Porém, pode ser que você já tenha um pequeno leitor super interessado em cada palavra. Para ele, vale livros mais demorados em que a leitura pode inclusive ser dividida em etapas.

Resumo

Os livros infantis podem fazer parte da vida da criança desde o primeiro mês de vida. Existem modelos de pano e borracha para que o bebê possa crescer tendo contato com eles. É importante escolher o livro certo de acordo com a idade da criança, assim eles podem viver todos os benefícios da literatura desde cedo.

Esperamos que esse guia tenha ajudado a entender os diferentes tipos de livros infantis. Agora nos conte, já sabe por onde começar?

(Fonte da imagem destacada: Yael Gonzalez / Unsplash.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas