Óleo de argan
Ultima atualização: 14 de julho de 2021

Como escolhemos

21Produtos analisados

15Horas investidas

5Estudos avaliados

75Comentários coletados

Na hora de cuidar dos cabelos e da pele, normalmente é preciso usar um produto para cada finalidade. O que sempre vem à mente é como seria bom se houvesse algum que fosse multifuncional, não é? Então, você precisa conhecer melhor o óleo de argan, um fluido que pode trazer benefícios completos para sua beleza.

Muito comum em shampoos e condicionadores, ele pode ser usado até como suplemento alimentar. Impressionante? Você ainda não viu nada! Vamos contar tudo aqui neste artigo. Fique com a gente para saber mais sobre o óleo de argan e seus benefícios.




Primeiro, o mais importante

  • O óleo de argan é um óleo essencial considerado raro, com propriedades benéficas para a pele, os cabelos e unhas.
  • Com propriedades que estimulam o sistema digestivo e ajudam a diminuir o colesterol, o óleo de argan também está presente em suplementos nutricionais.
  • Entre as vantagens do óleo de argan estão a sua versatilidade, seu poder antiinflamatório e antioxidante, que ajuda a combater o envelhecimento.

Melhores produtos com óleo de argan: nossas recomendações

O óleo de argan pode ser usado de várias formas e está presente em uma infinidade de produtos. Para que você conheça um pouco dessa variedade, preparamos uma seleção com os mais vendidos e bem avaliados do mercado. Confira!

Guia de compra: tudo o que você precisa saber sobre o óleo de argan

Você certamente já viu muitos produtos com óleo de argan na composição, mas nem sempre fica claro qual a real função desse óleo essencial. É por isso que elaboramos esta seção de perguntas e respostas sobre ele. Aqui, você vai saber tudo o que é importante ter em mente antes de usar estes produtos.

óleo de argan

O óleo de argan tem propriedades benéficas para a pele, os cabelos e unhas. (Fonte: zestmarina / 123rf.com)

O que é o óleo de argan e como ele é obtido?

Trata-se do óleo essencial originado das sementes da argania, uma planta encontrada apenas no Marrocos. Obtido por meio de prensagem, o óleo de argan tem textura fluida, coloração levemente amarelada e cheiro muito suave.

Considerado um processo trabalhoso, a extração começa com a secagem das sementes ao ao sol. Depois de secas, elas são esmagadas e prensadas em moinho de pedra, ainda de forma artesanal na maioria das fábricas.

Para produzir um litro de óleo de argan são necessários cerca de 30 kg de sementes e aproximadamente 15 horas de trabalho.

Quais as propriedades do óleo de argan?

Os nutrientes mais presentes no óleo de argan são a vitamina E e ácidos graxos essenciais, como o Ômega-6 e Ômega-9. Juntos, eles garantem ao fluido propriedades poderosas, especialmente no que diz respeito à pele e aos cabelos. As principais delas são:

  • Antioxidante - combate a ação dos radicais livres e os danos causados por agentes externos, como sol, vento e poluição;
  • Nutrição - ajuda a repor a perda de nutrientes, sobretudo a vitamina E, que também tem ação antienvelhecimento;
  • Hidratação - auxilia na retenção e reposição da água na estrutura dos fios e da pele;
  • Antiinflamatório - possui poder cicatrizante e ajuda na renovação celular.

Quais os benefícios do óleo de argan para a pele?

Ao olhar para as propriedades do óleo de argan, já é possível ter ideia de como ele pode ser benéfico para a pele. Além de ser um aliado no combate aos sinais do envelhecimento, ele também tem poder cicatrizante.

Essa característica faz dele um grande auxiliar no tratamento da pele com acne e contra o ressecamento de joelhos, cotovelos e calcanhares.

Outro uso muito indicado para o óleo de argan é para hidratação dos mamilos, ajudando a atenuar as fissuras mamárias comuns durante o período de amamentação.

oleo de argan

O óleo de argan também está presente em suplementos nutricionais. (Fonte: zozulya / 123rf.com)

Quais os efeitos do óleo de argan nos cabelos?

Da mesma forma como age na pele, o óleo de argan também traz diversos efeitos benéficos nos cabelos e até nas unhas. Por isso, ele é considerado um produto multifuncional. E entre as indicações mais comuns para os cabelos, podemos destacar:

  • Proteção contra os danos causados por fontes de calor, como secador e chapinha;
  • Redução de pontas duplas;
  • Recuperação da elasticidade;
  • Diminuição do frizz;
  • Ajuda a pentear;
  • Renova o brilho e a luminosidade do cabelo.

Quais as vantagens e desvantagens do óleo de argan?

Assim como todo produto usado como cosmético, o óleo de argan pode ser mais ou menos vantajoso em alguns aspectos, de acordo com o uso. Para ilustrar esses pontos positivos e negativos, preparamos um quadro, que você confere abaixo:

Vantagens
  • É multifuncional, podendo ser usado diferentes objetivos
  • Está presente em muitos produtos
  • Pode ser usado como suplemento alimentar, desde que tenha sido produzido com essa finalidade
  • Reduz manchas e estrias, se usado em massagens corporais
  • Fortalece as unhas, renovando sua estrutura
  • O óleo essencial in natura pode ser acrescentado à máscara capilar
  • Pode ser usado em combinação com outros tipos de óleo capilar
  • Serve como protetor térmico
Desvantagens
  • Pode deixar os fios oleosos, para quem tem essa predisposição
  • Pode causar irritação, especialmente nos olhos
  • Nem todos os produtos podem ser usados por qualquer pessoa

Como usar o óleo de argan como suplemento?

O óleo de argan tem alto poder digestivo e pode ajudar a reduzir o colesterol ruim, em combinação com uma dieta adequada e exercícios físicos. No entanto, é preciso ter cuidado na hora de escolher o produto correto.

Além de optar por um suplemento em cápsulas — ou pelo óleo vegetal puro —, é fundamental verificar a procedência do produto, as certificações e regulamentações para ter certeza de estar consumindo um suplemento que não seja nocivo.

Antes de começar a suplementação com óleo de argan, é importante consultar um médico ou nutricionista.

Critérios de compra: O que levar em conta ao escolher um óleo de argan

Até aqui, falamos sobre as propriedades do óleo de argan e suas vantagens tanto no uso como cosmético quanto na manutenção da saúde. Agora, precisamos destacar alguns critérios que merecem atenção na hora da compra, para que você tire o melhor proveito deste produto.

Finalidade

Antes de comprar o seu óleo de argan, é importante ter em mente para qual finalidade vai destiná-lo. Isso porque o produto utilizado nos cabelos não pode ser o mesmo que será usado para ingestão, por exemplo.

Além disso, para algumas aplicações pode ser mais interessante contar com um produto que contenha o óleo de argan, como uma máscara facial ou um creme hidratante, do que o óleo em si.

Tipo de fio

Se sua intenção é usar o óleo de argan como reconstrutor de fios ou para facilitar o penteado, é fundamental considerar o seu tipo de cabelo antes de definir o melhor produto. Como nem todos os fios respondem da mesma forma, é bom estar atento.

Quem tem tendência à oleosidade pode ficar com a sensação de cabelo pesado ao usar o óleo in natura, por exemplo. Neste caso, é mais adequado contar com um leave-in que traga o composto na fórmula. Já para reparar as pontas duplas, a melhor alternativa é o óleo essencial puro, que pode ser o vegetal ou o cosmético.

óleo de argan

O óleo de argan tem poder antiinflamatório e antioxidante, que ajuda a combater o envelhecimento. (Fonte: uspmen / 123rf.com)

Tipo de pele

O óleo de argan pode ajudar a melhorar o aspecto da pele com acne, pois tem efeito cicatrizante. Por outro lado, pode deixar a região ainda mais suscetível ao surgimento de cravos e espinhas, se usado em excesso.

Desta forma, é crucial ter clareza sobre o seu tipo de pele e como ela pode reagir à ação do produto escolhido. Mais uma vez, vale a regra da observação e da consulta a especialistas em caso de dúvidas.

Composição

Nem sempre usar o óleo de argan in natura pode ser a alternativa mais viável, como mostramos ao longo deste artigo. Em alguns casos, é mais interessante contar com uma máscara de hidratação à base de argan do que correr o risco de ficar com os fios pesados e sem brilho.

Com isso, é essencial ter atenção aos outros ingredientes do produto que você pretende comprar. Assim, você terá certeza de que está usando compostos que potencializam a ação esperada — seja no seu cabelo ou na pele — e não o contrário.

Resumo

Considerado raro — e produzido em apenas um lugar do mundo — o óleo de argan pode fazer maravilhas pela sua pele, cabelos e até ao sistema digestivo e cardiovascular. Mas para isso é preciso contar com um produto de procedência e qualidade garantidas.

Pensando nisso, trouxemos aqui informações básicas sobre este óleo, suas propriedades e aplicações mais comuns. Apresentamos uma seleção com os produtos mais vendidos e indicados pela Amazon, com dicas para escolher o melhor de acordo com as suas expectativas.

Esperamos que este artigo tenha sido útil na sua busca. Se gostou, conte-nos aqui nos comentários. É sempre bom ouvir você! Muito obrigado!

(Fonte da imagem destacada: progressman / 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas