[kb_how_we_chose products=”14″ studies=”8″ hours=”19″ comments=”76″]Seja bem-vindo ao Guia de Bem Estar! Hoje vamos falar de um item essencial para os seus pés: as palmilhas ortopédicas.

O uso das palmilhas ortopédicas ajuda a prevenir e tratar de dores e lesões que afetam nossos pés. São tantas as suas vantagens que, hoje em dia, existem modelos para todos os tipos de necessidades.

Neste artigo, vamos mostrar o que você deve saber e levar em conta antes de comprar as palmilhas ortopédicas mais adequadas.

Primeiro, o mais importante

  • As palmilhas ortopédicas são essenciais para que você tenha uma melhor qualidade de vida, sem dores e sem lesões.
  • Existem palmilhas de diferentes formatos e materiais de fabricação, indicadas para diferentes tipos de problemas e necessidades.
  • Neste artigo, você vai descobrir o que deve observar antes de adquirir as palmilhas ortopédicas ideais.

Melhores palmilhas ortopédicas: Nossas favoritas

As palmilhas ortopédicas tratam de problemas que se diferenciam de pessoa para pessoa. Sabendo disso, os fabricantes investem cada vez mais em modelos para todos os tipos de necessidades.

Por isso, vamos apresentar a seguir os quatro melhores modelos de palmilhas disponíveis no mercado.

[kb_productlist]

A palmilha para quem quer versatilidade

Ultra-macia, essa palmilha absorve o impacto, proporcionando conforto a toda a planta dos pés, seja para o dia-a-dia ou durante a prática esportiva. Essa palmilha pode ser usada com todo tipo de calçado fechado. Para lavar, basta utilizar água e sabão neutro. Com validade indeterminada, esse modelo está disponível do tamanho 36 ao 45.

A melhor palmilha para a prática esportiva

A palmilha Fitness Impec foi feita especialmente para a prática esportiva. Com seu material macio, é resistente, tem absorção de impacto e é confortável. Seu design tem caneletas com perfurações, que combinam conforto e ventilação. DIsponível nos tamanhos de 37 a 44.

As melhores palmilhas ortopédicas 3/4

Feitas em silicone mais rígido, as palmilhas ortopédicas Ortho Pauher são em formato 3/4, ou seja, se estendem até a metade do pé.

Este modelo é ideal para quem tem dor nos joelhos, além de ajudar a compensar o encurtamento dos membros inferiores.

As melhoras palmilhas ortopédicas magnéticas

As palmilhas Up Confort Magnética são projetadas com um calcanhar contornado e suporte de arco que garante o máximo conforto e suporte.

Além disso, este modelo possui oito ímãs de refrigeração que produzem ondas magnéticas que aliviam as dores. Este modelo é contraindicado para pessoas portadoras de marca passo.

[/kb_productlist]

Guia de Compra

[kb_faq]

Pode parecer simples escolher as palmilhas ortopédicas corretas, mas é preciso muita atenção. Isso porque estamos tratando da saúde dos seus pés que podem também afetar outras partes do seu corpo.

Por isso, criamos este Guia de compra com tudo o que é preciso saber sobre as palmilhas ortopédicas.

Pé sobre palmilha ortopédica.

As palmilhas ortopédicas tratam e previnem lesões e dores. (Fonte: angelikasmile/123rf)

O que são as palmilhas ortopédicas?

As palmilhas ortopédicas são solas rígidas que, colocadas dentro dos sapatos, ajudam a prevenir e/ou tratar problemas ortopédicos, além de proporcionar conforto na pisada.

Por conta de sua estrutura, as palmilhas estimulam a região plantar e acabam influenciando positivamente todo o corpo.

Dessa forma, as palmilhas ortopédicas são capazes de:

  • Corrigir a postura;
  • Reduzir a dor de membros inferiores e outras partes do corpo;
  • Reduzir impacto nas articulações e tensões entre os músculos nas pisadas;
  • Tratar patologias nos pés, pernas, joelhos e tornozelos.

As palmilhas ortopédicas são, portanto, especiais e diferentes das palmilhas que vêm de fábrica já incluídas nos calçados.

Estas últimas servem apenas como acabamento para o sapato. Já a palmilha ortopédica ou terapêutica tem formatos e materiais específicos para estimular os pés.

Por exemplo, as palmilhas ortopédicas possuem curvas e elevações específicas, que aumentam a área de contato do pé com o chão e ainda diminuem a pressão na sola dos pés.

Três palmilhas uma ao lado da outra.

As palmilhas ortopédicas são diferentes das palmilhas comuns dos sapatos em termos de formatos e material de fabricação.
(Fonte: Hans/Pixabay)

As palmilhas ortopédicas podem ser encontradas prontas ou feitas sob medida e tem uma vida-útil relativa, que varia de acordo com a intensidade de uso.

Para atletas, por exemplo, as palmilhas podem durar até um ano. Já para pessoas que não são muito ativas, as palmilhas ortopédicas podem durar até dois anos.

O que é possível tratar com as palmilhas ortopédicas?

Alguns tipos de palmilhas ortopédicas são indicados para prevenir lesões, outros modelos são indicados para tratamento de patologias já instaladas.

De uma forma ou de outra, o uso das palmilhas ortopédicas deve ser feito junto com o acompanhamento de um especialista.

Dessa forma, é possível tratar pessoas que sentem dores, principalmente, nos pés, pernas, joelho, quadril e coluna. As palmilhas também são recomendadas para o tratamento de alterações posturais como: pé cavo, pé plano, perna mais curta que a outra, escoliose e etc.

A seguir, nós reunimos as principais lesões que, de acordo com especialistas, devem ser tratadas com o auxílio das palmilhas ortopédicas:

  • Esporão no calcanhar
  • Joanete
  • Fascite plantar
  • Linfedema
  • Metatarsalgia
  • Neuroma de Morton
  • Retenção de água
  • Tallonite
  • Tendinite
  • Pé cavo
  • Pé chato
  • Pé torto congênito

Se você tem ou suspeita que tenha algum desses problemas, é fundamental que consulte um ortopedista para ter uma avaliação e diagnóstico precisos.

Quais as causas de dores e lesões nos pés?

Existem muitos fatores que podem levar você a sentir dor ou adquirir um problema nos pés e, então, precisar do auxílio das palmilhas ortopédicas.

Em muitos dos casos, um problema nos pés pode, inclusive, ter efeitos negativos em outras partes do corpo.

Pessoas que sofrem com dores nas costas, por exemplo, raramente sabem que isso pode estar relacionado ao modo de andar.

Para você ter uma noção geral, listamos a seguir os principais fatores que podem causar dores e lesões nos seus pés.

Tipo de pé

O tipo de pé é determinado pela porção da planta do pé que encosta no chão quando pisamos.

No pé normal, metade do arco plantar encosta no chão. No pé cavo, apenas uma pequena parte encosta, enquanto que o pé chato encosta praticamente o arco inteiro.

O fato é que pessoas com pés cavos ou chatos têm mais chance de desenvolver dores nos pés, tornozelos e joelhos. Daí a importância do uso das palmilhas ortopédicas.

Calçados

Dependendo do tipo de sapato que você usa, ele pode provocar dores nos pés, especialmente os de salto alto, bico finos ou os de solado duro.

Como são feitos com solado reto, os sapatos comuns não possuem suporte de arco plantar, o que pode afetar a distribuição de peso durante a caminhada.

Idade

Pessoas com mais idade têm mais dores nos pés por conta da atrofia muscular, do enrijecimento das articulações e do desgaste natural do corpo. As palmilhas ortopédicas podem ajudar, dando mais conforto e estabilidade.

Tempo em pé

Muitas pessoas relatam que a dor no pé aumenta quando passam muito tempo em pé. Isso acontece por conta da constante sobrecarga do peso do corpo nos pés. Com o uso de palmilhas ortopédicas certas, as dores podem ser minimizadas.

Qual a diferença entre as palmilhas ortopédicas e a de silicone?

Em geral, as palmilhas ortopédicas e a de silicone são tratadas como iguais pelo mercado. Mas é importante que você saiba que existem grandes diferenças entre elas.

As palmilhas de silicone são geralmente indicadas para prevenir doenças e lesões mais graves. Já as palmilhas ortopédicas são recomendadas para quem já tem uma lesão diagnosticada.

Assim, as palmilhas de silicone oferecem conforto no dia a dia, já que amortecem o impacto nas articulações e nos pés.

Por isso, este tipo de palmilha é ideal para quem passa muito tempo em pé.

Pés sobre uma rocha.

As palmilhas de silicone proporcionam conforto aos pés.(Fonte: Jan Romero/Unsplash)

Porém, caso você já sinta dores ou já tenha sido diagnosticado com alguma patologia no pé ou nas pernas, a indicação dos especialistas é pelo uso das palmilhas ortopédicas.

Esse tipo de palmilha tem capacidade corretiva e é feita sob medida, levando em conta o tipo de lesão, o formato do pé, o tipo de pisada, entre outros fatores.

Por isso, é essencial buscar a avaliação de um profissional especializado, já que a opção ortopédica requer um acompanhamento médico.

Quais as vantagens das palmilhas ortopédicas?

Como vimos, as palmilhas são úteis para prevenir e tratar dores e lesões nos pés, pernas e coluna.

Uma grande vantagem é que as palmilhas ortopédicas absorvem o impacto e protegem as articulações de problemas graves.

ssim, com o uso da palmilha ortopédica, ocorre a redistribuição das pressões plantares e o alinhamento dos pés, tornozelos e joelhos.

Por isso, as dores nos membros inferiores são reduzidas e você ainda corrige a postura.

Por outro lado, a grande desvantagem das palmilhas vendidas hoje no mercado é que elas são feitas para se ajustarem a todos os tipos de pés.

Ou seja, elas não são personalizadas como no caso das que são feitas sob medida.

A seguir, confira as vantagens e desvantagens das palmilhas ortopédicas:

[procon][pro_h4][check_list]Corrige a postura; Previne lesões e dores; Trata problemas ortopedicos; Reduz impacto nas articulações; Gera conforto
[/check_list][/procon][procon][con_h4][cross_list]As pré-fabricadas não são personalizadas; Para tratar lesões graves, as palmilhas têm que ser sob medida [/cross_list][/procon]

Quanto custa?

O valor das palmilhas ortopédicas varia bastante, de acordo com o material de fabricação e o formato.

Mas, em geral, as palmilhas pré-fabricadas disponíveis no mercado custam entre R$ 30 a R$ 400.

Onde comprar?

Você vai encontrar palmilhas ortopédicas à venda em lojas especializadas, em farmácias e hipermercados como Araújo e Extra.

Porém, recomendamos que você realize sua compra em lojas online como a Amazon. Dessa forma, você encontra mais opções de modelos e preços mais atrativos.

[/kb_faq]

Critérios de Compra: Fatores a observar antes de escolher as palmilhas ortopédicas

As palmilhas ortopédicas ideais são aquelas que se ajustam bem aos seus pés, proporcionando apoio, conforto e corrigindo a postura. Mas em meio a tantos tipos diferentes fica difícil saber o que diferencia uma palmilha de outra.

Por isso, listamos abaixo os fatores que você deve levar em conta antes de comprar as palmilhas ortopédicas.

[kb_criteria]

A seguir, vamos detalhar cada um desses fatores para você tomar a melhor decisão.

Modelo

É o modelo das palmilhas que vai definir o resultado na saúde dos seus pés. Hoje em dia existem palmilhas ortopédicas do tipo lisa, com arco, com partes específicas rebaixadas, entre outros modelos.

Cada um vai trabalhar especificamente uma parte do pé. Em geral, essa informação vem destacada na embalagem. Existem, por exemplo, palmilhas para dores no calcanhar, para a frente do pé, para dor na sola e para ajuste de altura.

Há palmilhas ortopédicas que vão do calcanhar ao dedo do pé, chamadas de antero posterior, e as que começam no dedão do pé e terminam no último dedo, conhecidas como palmilhas transversais.

  • Palmilhas ortopédicas do tipo lisa: São recomendadas para garantir o conforto dos pés e a redução de impacto.
  • Palmilhas ortopédicas com arco: Possuem elevação do arco plantar para melhorar a distribuição do peso e aliviar os pontos de pressão.
  • Palmilhas ortopédicas com elevação no calcanhar: São recomendadas para aliviar o impacto e a pressão.

Formato

Nem todas as palmilhas ortopédicas têm o mesmo formato e, por isso, é preciso que você cheque se as palmilhas que você escolher vão caber no seu sapato.

Sapatos como os sociais, os tênis e as botas, são geralmente aptos para receber a maioria das palmilhas.

Mas existem sapatos, como os de bico fino e os de salto alto, que nem sempre vão acomodar qualquer formato de palmilha ortopédica.

Par de tênis com palmilhas.

É preciso checar se as palmilhas cabem perfeitamente nos seus sapatos. (Fonte: Hans/Pixabay)

Por isso, hoje existem palmilhas para sapatos mais finos, para sapatos de salto alto, palmilhas com melhor definição do calcanhar e outras mais espessas.

A escolha vai depender do seu tipo de sapato. Na dúvida, opte por palmilhas com base mais larga, já que isso facilita a acomodação em diferentes tipos de calçados.

Tamanho

Além do formato, apesar de parecer óbvio, é importante que você escolha o tamanho certo das palmilhas ortopédica, de acordo com o tamanho do seu pé. Usar a palmilha do tamanho errado pode prejudicar ao invés de solucionar seu problema.

O tamanho correto vai garantir o conforto necessário. Priorize uma palmilha que possua a base larga.

Pés femininos sobre palmilhas ortopédicas com fundo branco

É preciso comprar o tamanho ideal, consulte seu médico.(Fonte: angelikasmile/123RF)

Material de fabricação

O material de fabricação das palmilhas ortopédicas varia bastante. Você vai encontrar palmilhas feitas em poliéster, com tecido magnético, de espuma, e até com espuma viscoelástica Nasa.

Como vimos, a de silicone, uma das mais comuns, é ideal para amortecimento e conforto.

Já as palmilhas magnéticas proporcionam alívio da dor e aumento da circulação sanguínea.

As mais indicadas para tratamento de lesões, porém, são as feitas em poliéster ou espuma viscoelástica, com camadas extras de amortecimento, principalmente no calcanhar.

Você deve escolher o material de fabricação das suas palmilhas de acordo com o seu problema ortopédico.

[/kb_criteria]

(Fonte da imagem destacada: Yelizaveta Tomashevska/ 123rf)