Imagem em close de uma pele ressecada
Ultima atualização: 14 de maio de 2021

Embora pele ressecada não seja um problema grave, causa bastante incômodo e coceira, podendo até descamar em alguns casos. Para hidratar a pele existem alguns caminhos e os resultados aparecem rápido.

Quer aprender as causas e os tratamentos para a pele ressecada? Respondemos as dúvidas mais comuns nesse artigo completo. Siga conosco!




Primeiro, o mais importante

  • Mãos, braços, cotovelos, canelas e pés são as regiões mais ressecadas do corpo. Mas qualquer parte pode sofrer com pele seca, inclusive as partes íntimas, dependendo da causa.
  • As causas mais comuns para o ressecamento da pele são banhos com água muito quente, clima frio e falta de umidade do ar.
  • A pele ressecada tem como características falta de brilho, é bastante frágil e áspera e pode ficar irritada com facilidade.

Saiba combater a pele ressecada

Embora a pele oleosa seja mais comum no Brasil devido ao nosso clima, não são poucos os casos de pele seca nos consultórios dos dermatologistas, especialmente nas épocas mais frias do ano.

É possível tratar a pele seca com produtos específicos, alimentação e ingestão de água. Quer aprender mais? Siga lendo que vamos trazer até mesmo algumas receitas caseiras.

Imagem mostra mãos de mulher vistas de cima com uma xícara de café sobre a mesa

A mão é a região do corpo que mais sofre com ressecamento. (Fonte: cottonbro/ Pexels.com)

Recomendações para tratar pele seca

O creme hidratante é o melhor amigo da pele seca. Alguns casos mais severos podem exigir cremes de hidratação profunda. Nesses casos, consulte um dermatologista. Reunimos aqui as opções mais bem avaliadas do mercado.

Quais são as causas da pele ressecada?

Uma das causas mais comuns da pele seca é o clima. No inverno, com as temperaturas mais geladas, a umidade do ar também diminui, interferindo na hidratação da pele. É também nessa estação que as pessoas tomam banhos quentes, outro inimigo da pele.

Do mesmo modo, quem passa muito tempo no ar condicionado também pode sofrer com a pele ressecada.

Mas saiba que lugares quentes também podem influenciar, porque o calor excessivo reduz a umidade do ar. Também, a exposição solar promove ressecamento da pele.

O clima não é o único vilão. Uma alimentação errada e a falta de ingestão de água são dois problemas bem comuns que resultam numa pele pouco hidratada.

Além disso, quem fuma também tende a sofrer de envelhecimento precoce e pele ressecada.

Outro ponto que causa uma pele seca é o uso de produtos inadequados. É preciso escolher bem seus sabonetes, shampoos, desodorantes, cremes hidratantes, entre outros.

Por fim, há ainda questões relacionadas à genética ou problemas de saúde. Esses dois casos independem do clima e precisam de acompanhamento médico especializado.

Sintomas da pele ressecada

Uma pele ressecada tem características próprias. Ele perde o brilho, fica áspera, apresenta lindas mais aparentes e pode até mesmo descamar.

Um sintoma bastante comum e que causa incômodo é a coceira. Em casos mais severos, ela pode ter rachaduras que chegam a sangrar.

Vermelhidão e facilidade de irritação também são comuns.

Mulher coçando o braço

A coceira é um dos sintomas mais comuns. (Fonte: Wayhomestudio/ Freepik.com)

Quando buscar ajuda médica para tratar a pele ressecada?

Se você não percebe melhora dos sintomas mencionados acima com as dicas mais comuns, como hidratação com creme, água e boa dieta alimentar, pode ser hora de buscar um profissional, especialmente se sua pele apresenta vermelhidão sempre.

Algumas doenças podem ter pele seca como sintoma, portanto só um médico especialista pode ajudar a encontrar a causa da pele ressecada persistente.

Como tratar e prevenir a pele ressecada

Para as causas mais comuns de pele ressecada não há segredo. Práticas simples podem resolver os sintomas mencionados acima. E também prevenir o surgimento da pele seca.

Água

Pode parecer um lembrete desnecessário, mas como anda sua ingestão de água? Muitos pacientes procuram consultórios para tratar problemas de pele e esquecem do básico: hidratação com ingestão de água. Quem bebe pouca água tem mais chances de ter a pele ressecada.

Para chegar na quantidade de água que você deve beber por dia, multiplique seu peso por 35 ml. Uma pessoa que pesa 65 kg, por exemplo, chegará no resultado de 2.275. Ou seja, deve beber aproximadamente 2,3 litros de água.

Alimentação

Sim, os alimentos interferem. Seus nutrientes podem desempenhar um papel importante na hidratação da pele. Conheça quatro alimentos que você deve incluir na sua dieta:

Alimento Benefício
Abacate Gordura ômega 9
Oleaginosas (nozes e castanhas) Gorduras monoinsaturadas
Frutas cítricas Vitamina C
Ovo cozido Lecitina

Hidratação

Cremes hidratantes agem diretamente na resolução do problema, restaurando o equilíbrio da pele rapidamente. Priorize cremes à base de ureia e lactato. Em casos graves é preciso consultar um dermatologista.

Receitas caseiras para pele ressecada

Anote duas receitas fáceis e baratas para você restaurar a maciez da pele do rosto e do corpo com ingredientes naturais que podem ser encontrados em qualquer supermercado.

Máscara facial

Mel e iogurte são uma combinação perfeita. A máscara ajuda a hidratar, reduzir a irritação e prevenir rugas. Ambos possuem propriedades antibacterianas para combater a acne.

Para preparar, basta misturar 100 gramas de iogurte natural com uma colher de sopa de mel. Aplique no rosto e deixe agir por 20 minutos. Lave bem com água fria. Use no máximo 3 vezes por semana.

Hidratante corporal

Fácil, rápido e barato, esse hidratante corporal caseiro vai ajudar a restaurar a maciez da pele ressecada. Coco, aveia e leite são ingredientes naturais com ótimas propriedades. A aveia, por exemplo, nutre e traz maciez para a pele. Já o coco é excelente para hidratação.

Bata no liquidificador, uma xícara de coco ralado, um copo de leite morno e uma colher de sopa de aveia. Aplique a mistura na pele e deixe agir por 15 minutos. Depois lave bem com um bom sabonete e água morna. Repita semanalmente.

Resumo

Pele seca é um problema comum que afeta as pessoas especialmente no inverno. De qualquer modo, temperaturas elevadas demais combinadas com ar seco também podem causar o ressecamento da cútis.

Trata esse problema é bastante simples, geralmente é possível reverter o quadro em casa, com ajuda de bons produtos, alimentação equilibrada e ingestão de água. Porém, se persistirem os sintomas é preciso buscar ajuda médica.

(Fonte da imagem destacada: Jenna Hamra/ Pexels.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas