Ultima atualização: 23 de abril de 2020

Como escolhemos

14Produtos analisados

18Horas investidas

6Estudos avaliados

73Comentários coletados

Olá! Seja bem-vindo ao Guia de Bem Estar, o principal portal de resenhas do Brasil. Neste artigo, analisaremos um produto que é novo na rotina de beleza de muitas pessoas e ajuda a fazer com que qualquer maquiagem saia do lugar comum: o pigmento.

Nos próximos tópicos, você vai conhecer os principais produtos dessa categoria, descobrir se ela é a mais indicada para as suas produções de beleza e saber como comparar as várias opções disponíveis no mercado. Gostou da ideia? Então, continue com a gente!

Primeiro, o mais importante

  • O pigmento é um pó colorido e solto que entrega mais cor à maquiagem. Atualmente, está disponível no mercado em versões opacas e brilhantes, o que faz dele um produto perfeito para qualquer tipo de produção.
  • Aliás, a versatilidade do pigmento também se estende ao uso, já que ele pode ser empregado como sombra, blush, iluminador, bronzer e, em alguns casos, batom.
  • Para garantir a aderência do pigmento à pele, normalmente é preciso investir em outros produtos de maquiagem, como primers, fixadores e corretivos. Pincéis molhados também são de grande ajuda.

Os melhores pigmentos: Os favoritos dos amantes de produtos de beleza

Para começar bem, apresentaremos os principais pigmentos, de acordo com as avaliações que consumidores deixaram em lojas virtuais. Será que um deles é o que falta no seu arsenal de maquiagem?

Para conquistar um olhar poderoso

O pigmento Ultra Brilho 06 da Marchetti é predominantemente preto e tem partículas prateadas. É fino e soltinho. Para maior aderência, a marca recomenda o uso de um fixador de sombra por baixo ou a aplicação com a ajuda de um pincel molhado.

Para usar em ocasiões especiais

O pigmento Pro 08 da Dailus tem fundo amarelo, além de partículas douradas e prateadas. Foi desenvolvido para ser usado nos olhos, nos lábios e no rosto. É altamente concentrado e, portanto, perfeito para produções festivas. Deve ser aplicado com leves batidinhas.

Para alcançar um efeito diferenciado

O pigmento 011 Neutro da Zanphy é uma sombra com partículas perolizadas e cintilantes, que criam um efeito bastante diferente dos demais produtos disponíveis no mercado. Garanta a durabilidade com um fixador e facilite a aplicação com um pincel molhado.

Guia de Compra

Agora que você já sabe quais sãos melhores pigmentos disponíveis no mercado, confira algumas informações importantes sobre esse tipo de produto no Guia de Compra que preparamos.

Foto mostra uma mulher sendo maquiada por outra pessoa que não aparece.

Com a ajuda do pigmento, uma produção pode transitar entre o dia e a noite com mais facilidade. (Fonte: jcomp / Freepik)

O que é e para que serve o pigmento?

Podemos descrever o pigmento como uma cor em seu estado puro e solto. Basicamente, isso significa que ela não conta com alguns dos componentes que seriam essenciais para prensá-la, como no caso das paletas.

Isso permite que o produto ofereça uma pigmentação muito maior para as suas produções. Além disso, o pigmento é bem versátil, pois está disponível em tons opacos e brilhantes.

Os pigmentos que encontramos costumam complementar ou substituir as paletas de sombras. Também existem algumas opções que podem ser usadas no rosto (blush, iluminador e bronzer) e/ou nos lábios (batom).

Quais as diferenças entre purpurina, pigmento e glitter?

A principal diferença entre esses tipos de produto é a espessura das partículas de brilho. Resumidamente, a purpurina é fina; o pigmento é intermediário; e o glitter é grosso.

  • Purpurina: Pó corante que costuma ser uma mistura de metais como alumínio, cobre e zinco. Não é recomendada para uso na maquiagem, pois pode causar irritações na pele.
  • Pigmento: Pó fino e brilhante perfeito para maquiagem. Precisa de um fixador para não se espalhar por todo o rosto. É o mais fácil de encontrar em lojas de produtos de beleza atualmente.
  • Glitter: Produto composto por partículas de papel, vidro ou plástico. Nem todos são apropriados para a maquiagem. São mais grossos e, por isso, tendem a ser empregados em produções para eventos sociais.
foco

Você sabia que também existe um produto que é mais fino que o pigmento e pode ser usado na maquiagem? O nome dele é asa de borboleta e ele se destaca pela alta cintilância.

Quais as vantagens e desvantagens do pigmento?

Certamente, a principal vantagem do pigmento solto é ser capaz de oferecer um brilho que nenhum pó compacto consegue alcançar, independentemente de ser uma sombra, iluminador, bronzer, blush ou batom.

Aliás, o fato de alguns dos pigmentos disponíveis no mercado poderem ser usados nos olhos, na boca e no rosto é outra grande vantagem, pois não será preciso comprar um produto para cada uma dessas áreas.

Por fim, é importante lembrar que os pigmentos costumam ser vendidos em embalagens unitárias, o que evita a compra de paletas que não agradam 100%. Isso economiza dinheiro e espaço!

Vantagens
  • Proporciona muito mais brilho que os pós prensados
  • Pode ser usado de diversas maneiras
  • Costuma ser vendido em unidades
Desvantagens
  • Exige o uso de fixadores e pincéis
  • É difícil pegar pouco produto de cada vez
  • Pode se espalhar pelo rosto

Como usar o pigmento?

Alguns truques facilitam o processo de aplicação de um pigmento. Para evitar que ele se espalhe pelo rosto, você pode passar uma boa camada de pó sob os olhos e depois varrer com um pincel ou deixar a preparação de pele por último.

Também será preciso lançar mão de alguns truques para garantir a fixação, o brilho e a durabilidade do produto. Passar corretivo, fixador ou primer nas pálpebras é um dos principais.

Para evitar pegar muito pigmento de uma vez só, despeje-o em um recipiente, em vez de tirá-lo diretamente do pote. Então, molhe o pincel com um fixador e aplique com batidinhas. E claro, não esqueça de esfumar as bordas!

Foto mostra um potinho de pigmento e um pincel cheio do produto sobre um fundo branco.

O pigmento deve ser aplicado com um pincel molhado para oferecer mais fixação e brilho. (Fonte: Joanna Kosinska / Unsplash)

Quanto custa e onde comprar um pigmento?

A boa notícia é que o pigmento é um produto de maquiagem bastante acessível. Na internet, você encontra unidades que variam entre R$ 7 e R$ 150. Portanto, não é preciso pesquisar muito para chegar a um bom custo-benefício.

Lojas online como MaquiADORO, Florenza, Atacadão das Maquiagens e Love Store vendem pigmentos de diversas marcas. Também existem várias opções em e-commerces consagrados, como a Amazon Brasil.

Nas grandes cidades, é fácil encontrar pigmentos em lojas de produtos de beleza, sejam elas multimarcas ou específicas (Quem disse, Berenice?, O Boticário, MAC etc). Basta dar uma volta nos centros e/ou em shoppings.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os diferentes tipos de pigmento

Está convencido de que o pigmento é o produto de maquiagem que falta na sua penteadeira? Antes de comprar um, é interessante prestar atenção em alguns aspectos, como:

  • Ocasião
  • Cor
  • Composição
  • Preço

Saiba mais sobre eles a seguir!

Ocasião

Como já vimos, os pigmentos estão disponíveis em versões opacas e brilhantes. Isso faz com que eles sejam produtos perfeitos para todos os tipos de ocasiões, sejam formais ou informais.

Você pode usar um brilho discreto de dia e outro poderoso à noite.

Para ocasiões formais ligadas ao trabalho, dê preferência aos pigmentos opacos, que são mais discretos. Já para eventos sociais, o brilho é um complemento muito bem-vindo, especialmente de noite.

As ocasiões informais dão mais liberdade, mas é preciso tomar um pouco de cuidado para não ficar exagerado. Os pigmentos opacos são perfeitos em qualquer período. Você pode usar um brilho discreto de dia e outro poderoso à noite.

Cor

Você não precisa de pigmentos de todas as cores para criar produções incríveis! Então, antes de sair às compras, liste os tons que você mais gosta e não tem em casa ainda.

Se você está apenas começando no universo da maquiagem, dê preferência a cores neutras, como pérola, bege, marrom, preto e cinza. Elas são fáceis de combinar e, por isso, podem servir de base para várias composições.

Também é interessante ter os seus tons quentes (vermelho, laranja, amarelo, rosa etc), frios (azul, verde, roxo etc) e metálicos (dourado, prateado, acobreado etc) favoritos sempre à disposição.

Foto mostra o olho direito de uma mulher devidamente maquiado com sombra e rímel.

Um pigmento brilhante pode ser aplicado sobre uma sombra opaca de tom parecido para criar uma composição harmônica. (Fonte: yunona uritsky / Unsplash)

Composição

Teoricamente, um pigmento deveria ser composto apenas por um pó colorido. No entanto, a indústria de cosméticos se transforma com bastante rapidez, de modo a oferecer as melhores soluções para os seus consumidores.

Assim, não é tão difícil encontrar opções no mercado que foram desenvolvidas para resolver os problemas característicos desse tipo de produto, como a dificuldade de aderência à pele.

Isso é ótimo! Mas também inspira alguns cuidados, especialmente para aqueles que têm peles mais sensíveis. Se você é uma dessas pessoas, consulte um médico de confiança e identifique componentes que causam alergias.

Preço

Conforme já comentamos, um pigmento pode ter excelente custo-benefício. Porém, para ter certeza absoluta disso, você precisará fazer um cálculo e, é claro, testar o produto em questão para descobrir se gosta dele.

O cálculo é simples: basta dividir o peso do pigmento pelo valor cobrado por ele. Dessa maneira, você descobrirá quanto custa cada grama do produto, sem deixar se iludir por embalagens, etiquetas e discursos.

Algumas vezes, vale a pena ter uma boa paleta de sombras e alguns pigmentos para complementar. Em outras, apenas um dos produtos dá conta do recado. Entenda as suas necessidades e faça os cálculos para economizar dinheiro.

(Fonte da imagem destacada: miramiska / 123RF.com)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada pelo universo da moda, Ivna escreve para ajudar os visitantes do Guia de Bem-Estar nos assuntos que mais entende: cuidado pessoal e de beleza.