Na foto uma mulher praticando yoga ao ar livre no pôr do sol.
Ultima atualização: 22 de abril de 2021

Como escolhemos

12Produtos analisados

18Horas investidas

4Estudos avaliados

54Comentários coletados

A yoga é uma atividade física que traz inúmeros benefícios para corpo. Ela é capaz de amenizar o estresse, reduzir inflamações, auxiliar no tratamento de dores crônicas e muito mais. E para praticá-la é fundamental ter um bom tapete de yoga.

Esse pode parecer um produto bastante simples, mas faz muita diferença na hora de realizar os movimentos da yoga. Por isso, é essencial ter um modelo de qualidade e nesse artigo vamos te ensinar a escolher o melhor. Continue lendo para saber mais!




Primeiro, o mais importante

  • Os materiais mais usados para produzir o tapete de yoga são o PVC, o EVA, o TPE e o NBR, sendo que o TPE e NBR são ecologicamente corretos e não fazem mal para o meio ambiente.
  • Esse produto aumenta a segurança durante a prática dessa atividade física, evitando escorregões e tombos, e ainda torna a realização dos movimentos mais confortável.
  • O tapete de yoga ideal deve ter um tamanho compatível com a altura de quem irá utilizá-lo e contar com revestimento antiaderente para que fique bem aderido ao chão.

Melhores tapetes de yoga: nossas escolhas

Por existirem muitas opções de tapete de yoga, não é fácil de saber quais apresentam boa qualidade e valem o investimento. Para te ajudar com isso, reunimos os melhores modelos abaixo.

Guia de compra: tudo o que você precisa saber sobre o tapete de yoga

Quem está se aventurando no universo da yoga entende a importância de ter um bom tapete para praticar essa atividade. Porém, ainda existem muitas dúvidas sobre ele e nesse guia de compra vamos explicar tudo a respeito desse produto.

Na foto três pessoas praticando yoga dentro de um estúdio.

O tapete de yoga permite se movimentar mais confortavelmente durante a prática dessa atividade. (Fonte: bruce mars/ Unsplash)

Por que usar um tapete de yoga?

A yoga é uma atividade física que deve ser realizada em um lugar tranquilo, no qual seja possível se concentrar nos movimentos a serem realizados.

Diferente de outros exercícios que requerem inúmeros instrumentos, ela não apresenta exigências para a sua prática. Logo, quem deseja realizar essa modalidade precisa apenas de roupas confortáveis, como leggings, camisetas e bermudas.

Mas e o tapete de yoga? Na realidade, diferente do que muitos pensam, esse não é um acessório obrigatório para os praticantes de yoga, mas com certeza faz a diferença durante as aulas.

Isso porque esse produto oferece uma série de benefícios para quem o utiliza. Ele consegue prevenir lesões e quedas, pois fica bem aderido ao piso e não escorrega, e ainda torna a realização dos movimentos mais confortável, porque funciona como um amortecedor para braços e pernas.

Outro ponto positivo é que nos dias frios, o tapete de yoga atua como um protetor térmico, permitindo que não seja necessário ficar com o corpo direto no piso.

Além disso, quem gosta de praticar yoga em áreas externas e tem alergia a grama, por exemplo, também se beneficia com esse produto.

Vantagens
  • Previne quedas e escorregões
  • Deixa a prática mais confortável
  • Funciona como um protetor térmico
  • Pode ser utilizado em diversos pisos diferentes
Desvantagens
  • Alguns modelos custam caro

Qual o melhor material para o tapete de yoga?

É muito comum que o tapete de yoga seja confeccionado em quatro materiais: PVC, EVA, TPE e NBR.

Essas matérias-primas apresentam características bem diferentes, principalmente no que diz respeito as suas ações no meio ambiente. Por isso, é importante entender um pouco sobre elas.

  • PVC: Antigamente esse era o material mais utilizado na confecção dos tapetes de yoga, porque ele apresenta boa aderência ao solo e tem valor baixo. O ponto negativo é que na composição do PVC são encontradas substâncias tóxicas para o meio ambiente e para os seres humanos.
  • EVA: Muito parecido ao PVC, o EVA é macio, possui alta aderência ao solo e tem valor acessível. Inclusive, a sua desvantagem é a mesma, e nessa matéria-prima também há substâncias tóxicas.
  • TPE: O TPE é um material reciclável e biodegradável que nos últimos anos vem sendo muito utilizado na produção dos tapetes de yoga. Ele tem características antiderrapantes e alguns conseguem absorver suor e água.
  • NBR: Esse material é um tipo de borracha ecologicamente correta, que conta com ótima resistência a calor e umidade e não possui toxinas prejudiciais à saúde e ao meio ambiente.

Como guardar o tapete de yoga?

Armazenar corretamente o tapete de yoga faz com que esse produto dure por muitos anos e sempre esteja em boas condições de uso.

Portanto, após o uso o ideal é sempre guardá-lo enrolado, da mesma maneira que estava quando você o comprou.

Com relação ao local, busque colocar esse produto em espaços secos, arejados e que não batam sol diretamente.

Na foto um homem enrolando um tapete de yoga.

O tapete de yoga deve ser guardado enrolado para não ser danificado. (Fonte: cottonbro/ Pexels)

Como limpar corretamente o tapete de yoga?

Manter o tapete de yoga sempre limpo é a melhor maneira de deixá-lo livre de maus-odores e bactérias.

Deste modo, a higienização desse acessório deve ser realizada regularmente e a forma correta de fazer isso depende do material do tapete.

Para os modelos feitos em EVA ou PVC recomenda-se a limpeza com produtos específicos para tapete de yoga ou com pano úmido com álcool ou vinagre. Em seguida, deve-se secá-lo com um pano de algodão.

Já as opções de NPE e TPR podem ser lavadas com água e sabão. Isso pode ser feito a mão ou na máquina de lavar. Porém, se a escolha for pela máquina não a deixe centrifugar.

Após a lavagem deve-se retirar o excesso de água e deixar o tapete secar em local arejado e sem incidência direta do sol.

Acredita-se que a yoga surgiu há mais de 5.000 anos na índia e é um conjunto de exercícios físicos e de respiração.

Critérios de compra: O que levar em conta ao comparar os modelos de tapete de yoga

Para escolher o tapete de yoga ideal para você é preciso analisar alguns detalhes a respeito desse produto. Te mostramos quais são eles a seguir.

Espessura

A espessura do tapete de yoga está diretamente relacionada ao tipo de yoga praticada, sendo esse um critério que não tem apenas a ver com conforto. Dessa forma, existem opções com espessuras que variam entre 2 e 5 mm.

Os modelos de 2 mm são ideais para um uso esporádico e apresentam alta portabilidade.

A espessura do tapete de yoga costuma variar de 2 a 5 mm.

Os que possuem 3 mm são os mais tradicionais, pois essa é a estrutura padrão. Eles são indicados para praticamente todos os tipos de yoga.

Por outro lado, as opções de 4 mm são a melhor escolha para o yin e hatha yoga, que são práticas no qual é preciso ter mais amortecimento.

Já os modelos de 5 mm ou mais são recomendados para as posições que não requerem muito equilíbrio.

Tamanho

O tamanho do tapete de yoga pode variar de modelo para modelo, por isso na hora de escolher um desses é preciso se atentar a esse detalhe.

Com relação a isso, o ideal é que o produto tenha um comprimento próximo ao da altura de quem irá utilizá-lo, pois assim nenhuma parte do corpo ficará para fora durante os movimentos.

Na foto duas pessoas praticando yoga.

O ideal é que nenhuma parte do corpo fique para fora do tapete de yoga durante os movimentos. (Fonte: Cliff Booth/ Pexels)

Textura e revestimento

A textura e o revestimento do tapete de yoga interferem no conforto durante o uso desse produto e na segurança do praticamente.

Alguns materiais apresentam uma superfície texturizada naturalmente, porém em outros ela é colocada artificialmente. Qual escolher depende muito do que te faz sentir confortável, pois é importante que ela não incomode.

O revestimento, por sua vez, é responsável por fazer com que o tapete grude no chão, evitando escorregões. Por isso, é interessante sempre investir em opções com características antiderrapantes.

Facilidade de transporte

Para poder praticar yoga em lugares diferentes é interessante ter um tapete que seja fácil de transportar.

Nesse caso deve-se investir nos modelos mais leves, que pesem no máximo 1,5 kg, e que sejam fáceis de dobrar ou enrolar.

Além disso, existem acessórios que facilitam no transporte desse acessório, como é o caso das tiras, alças e bolsas. Esses ajudam no dia a dia e podem te auxiliar no momento de carregar o tapete.

Resumo

A yoga é uma atividade física que está cada vez mais popular e que tem como principal acessório o tapete de yoga.

Esse produto faz toda a diferença no momento de praticar os movimentos dessa modalidade. Por isso, nesse artigo reunimos todas as informações mais importantes para que você consiga adquirir o melhor modelo.

Esperamos que tenha gostado desse conteúdo, obrigado pela visita!

(Fonte da imagem destacada: kike vega / Unsplash)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas