Imagem de dois termômetros ao lado de medicamentos
Ultima atualização: 31 de maio de 2021

Como escolhemos

9Produtos analisados

23Horas investidas

4Estudos avaliados

85Comentários coletados

Só quem já tentou medir a temperatura de uma criança doente sabe o desafio. Eles geralmente ficam irritados, choram e os minutos até que o resultado apareça parece uma eternidade. Está em busca do melhor termômetro infantil? Preparamos esse guia completo para te apresentar os diferentes tipos.

Fique conosco até o fim para tirar todas as suas dúvidas sobre termômetro infantil!




Primeiro, o mais importante

  • A temperatura corporal infantil deve ser entre 36 e 37° C. De 37,3 a 37,8° C o estado febril. A febre na criança é considerada a partir de 37,8° C.
  • Existem diferentes tipos de termômetro infantil, especialmente no que diz respeito a forma de medição da temperatura. Eles são usados para medir a febre, diferente do termômetro de banheira.
  • Graças à tecnologia, existem opções que mostram os resultados em 10 segundos.

Melhores termômetros infantis: nossas recomendações

Existem diversos tipos de termômetro infantil. Alguns deles também podem ser usados por adultos. Selecionamos diferentes opções para você escolher aquele que cabe no seu bolso e atende melhor suas necessidades:

Guia de compra: tudo o que você precisa saber sobre termômetro infantil

Para medir a febre de uma criança, quanto mais preciso e ágil for o termômetro infantil melhor. Muitas vezes os pais têm que fazer isso enquanto brincam, fingindo medir a febre de uma boneca ou dinossauro.

Pensando nisso, preparamos esse guia completo para que você possa conhecer os diferentes tipos, e então escolher aqueles - ou aqueles - que vão atender melhor suas necessidades.

Imagem em close de um termômetro ao lado de remédios e um bebê desfocado ao fundo

Quanto mais rápido e preciso for o termômetro infantil melhor. Fonte: Polina Tankilevitch / Pexels.com

Quais os diferentes tipos de termômetro infantil?

Você já deve ter visto o bom e velho termômetro comum, feito de vidro e à base de mercúrio. Provavelmente é com ele que sua mãe media sua febre. Acontece que com o passar dos anos e o avanço da tecnologia os termômetros também evoluíram.

Especialmente no que diz respeito ao termômetro infantil, as opções do mercado ficaram mais práticas e rápidas para aferir a temperatura das crianças. Veja as diferentes versões:

  1. Digital: Com um pequeno visor em sua extensão, o termômetro digital mostra o resultado digitalmente. Basta ligar o termômetro, colocar na axila da criança e aguardar o sinal sonoro indicando que a medição foi finalizada. O resultado costuma aparecer dentro de 5 minutos. Existem versões emborrachadas, com ponta flexível para não machucar os pequenos e a medição ser mais fácil.
  2. Infravermelho: Esse modelo possui duas versões, de testa ou de ouvido. Ele mede a temperatura do corpo através dos raios que são emitidos para a pele. O de testa não precisa de contato com o corpo, devendo ficar a 5 cm da pele. Já o de ouvido deve ser encaixado na cavidade auricular, com uso de uma cápsula protetora. Ambos são rápidos e bem precisos. O resultado aparece na hora.
  3. Adesivo: Usado como forma de medição complementar, o termômetro infantil em adesivo pode ser colado na pele para monitorar se a temperatura corporal está subindo ou não, sem necessidade de usar o termômetro o tempo todo. Ele é feito a partir de um cristal encapsulado e pode ser usado por até 48 horas seguidas.
  4. Chupeta: No caso dos bebês, essa é uma excelente opção: uma chupeta com visor LCD que mostra a temperatura corporal. O resultado aparece em até 3 minutos e depois ele desliga automaticamente. Para medir de novo, basta ligar o bico. Não são tão precisos como os digitais e infravermelhos, por esse motivo também servem como complemento.

A partir de quantos graus é considerado febre na criança?

Embora a maioria das pessoas pensem que 37,5° C indique febre, isso não é verdade. Com resultado entre 37,3 e 37,8° C a criança está em estado febril, o que deve ser monitorado, pois pode vir a subir e evoluir para uma febre.

É considerado febre a partir de 37,8° C. Quando o termômetro infantil mostra resultados superiores a 39° C é indício de febre alta.

Mãe com mão na teste de filho enquanto mede a febre com termômetro digital na boca

Febre alta é acima de 39° C. (Fonte: Alexandr Ermolaev / 123rf.com)

Qual o melhor lugar para medir a febre infantil?

O local mais indicado para medir a febre depende da idade da criança, e também de onde o procedimento está sendo feito.

De acordo com um artigo publicado pela Comissão de Saúde Pública de Boston (1), nos Estados Unidos, a técnica mais recomendada para bebês de até três meses é pelo reto. Porém, é preciso cuidado nessa região.

O ânus é o local mais preciso para medição da febre.

A partir dessa idade até os cinco anos, a técnica mais precisa continua sendo pelo ânus, mas também pode ser mais difícil de ser executada. Nesse caso, a segunda opção mais precisa é pela boca.

Embora menos precisa, com um termômetro de ponta, a febre também pode ser medida pela axila ou ouvido.

Como usar o termômetro infantil em cada parte do corpo?

Aprenda a usar o termômetro infantil corretamente em cada parte do corpo analisando a tabela que preparamos para você. Com um termômetro limpo, siga as seguintes instruções:

Parte do corpo Como medir Tipo de termômetro infantil
Anus Com a criança deitada de bruços num local firme, segura acima do bumbum com a palma da mão. Coloque apenas a ponta de prata do termômetro, envolta de um pouco de vaselina, no ânus da criança. Segura com firmeza, sem permitir que o termômetro entre mais do que o indicado Digital
Boca Coloque a ponta do termômetro debaixo da língua da criança. A boa precisa estar fechada e a criança não pode falar, nem morder o termômetro. Ele deve ficar parado até o aviso sonoro indicar o fim da medição Digital
Axila Aqui você deve inserir o termômetro bem no centro da axila e o braço da criança deve estar bem fechado, rente ao corpo. Isso evita que o termômetro entre em contato com a roupa ao invés da pele. Retire apenas quando ouvir o sinal sonoro Digital
Orelha Basta encaixar o termômetro específico para essa finalidade no canal auditivo. Você pode puxar levemente a orelha para trás para facilitar a medição. O resultado é quase que imediato Infravermelho de ouvido
Testa Nesse método basta mirar o termômetro na testa da criança, posicionando a cerca de 5 cm da pele. O resultado é instantâneo, sem necessidade de aguardar Infravermelho de testa

Critérios de compra: O que levar em conta ao comparar diferentes tipos de termômetro infantil

Agora que você já conhece os diferentes modelos, queremos finalizar esse guia com critérios que você deve observar para escolher o melhor termômetro infantil para sua casa. Veja:

Tipo de medição

Um bom critério para escolher o termômetro que você quer usar no seu filho é pelo tipo de medição. Embora o termômetro digital usado no reto seja a forma mais precisa, talvez não funcione com a sua criança, pois ele pode não aceitar.

Só você sabe a melhor forma de medir a febre do seu filho em casa. Para crianças que são muito agitadas e não gostam de medir a febre, o infravermelho de testa é o mais indicado.

Tempo de espera

Assim como a forma de medição, o tempo de espera também é bastante relativo. Mas quando se trata de crianças, quanto mais ágil e rápido melhor.

Verifique o tempo de leitura do resultado prometido pelo fabricante do termômetro infantil. Enquanto alguns são instantâneos, outros podem levar até cinco minutos.

Material

Esse critério é especialmente importante quando o termômetro infantil entra em contato com a pele da criança, como o modelo digital. Existem opções bem rígidas, e essas são as mais comuns do mercado.

Mas quando o termômetro é pensado para a criança, ele é emborrachado e tem a ponta bem flexível. Isso facilita a medição enquanto eles se mexem, sem machucá-los. De qualquer forma, vale ressaltar que se a criança se mexer demais pode alterar o resultado, sendo que o termômetro deve ficar firme na região posicionada.

Design

Por fim, o termômetro infantil pode sim ter um design atrativo para os pequenos aceitarem melhor a medição da temperatura e fazer desse mais um momento lúdico.

Mão medindo febre de bebê com termômetro infantil de patinho

A medição de febre também pode ser um momento divertido. (Fonte: RODNAE Productions / Pexels.com)

Existem termômetros com design de animais, como sapinho, cachorrinho, ursinho entre outros. Nesse critério, os termômetros em formato de adesivo ganham o coração dos pequenos.

Resumo

O termômetro infantil é desenvolvido pensando nas crianças. Eles podem ser mais macios e rápidos do que um modelo comum, ou simplesmente ter uma estética que chame a atenção dos pequenos. De qualquer forma, o objetivo é sempre o mesmo: mostrar a temperatura corporal da criança.

Esperamos que esse guia tenha te ajudado a escolher o melhor modelo para seus filhos. Se ajudou, compartilhe com alguém que também precise dessas informações.

(Fonte da imagem destacada: Polina Tankilevitch / Pexels.com)

Referências (1)

1. Artigo escrito pelo Departamento de Doenças Infecciosas da Comissão de Saúde Pública de Boston, nos Estados Unidos
Fonte

Por que você pode confiar em mim?

Febre infantil: Como medir a temperatura
Artigo escrito pelo Departamento de Doenças Infecciosas da Comissão de Saúde Pública de Boston, nos Estados Unidos
Ir para a fonte
Resenhas